Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mark Ruffalo defende Matt Bomer para papel de transgênero

Ator explica o motivo da escolha e pede pela compreensão da comunidade trans

Mark Ruffalo tem enfrentado críticas na internet por escalar Matt Bomer (de American Horror Story) para o papel de uma mulher trans no filme Anything, em vez de selecionar uma atriz transgênero. Rufallo deu atenção aos críticos e os respondeu no Twitter.

“Para a comunidade trans, eu escuto vocês. É muito doloroso vê-los desse jeito. Estou feliz por estarmos tendo essa conversa”, disse o ator na rede social. O produtor e ator conta que sugeriu Matt Bomer — que é gay assumido — para o papel após trabalhar com ele no telefilme The Normal Heart (2014), em que os dois viveram um casal ativista, que lutava pelos direitos das pessoas com HIV.

LEIA TAMBÉM:
Ator Mark Ruffalo perde a carteira e a recupera pelo Twitter
Ator de ‘White Collar’ assume homossexualidade

Ao ser intimado por um seguidor a refazer a escolha do elenco, Rufallo respondeu: “O filme já foi gravado e Matt deu tudo de si nele. Tenham um pouco mais de compaixão, por favor”.

Esta não é a primeira vez que Hollywood enfrenta críticas do tipo. Durante as filmagens de A Garota Dinamarquesa, os produtores foram detonados por pessoas que acreditavam que Eddie Redmayne — indicado ao Oscar pelo trabalho — não deveria ter sido escolhido para viver a mulher trans Lili Elbe. Ela, aliás, é um ícone do movimento trans, conhecida como a primeira pessoa a passar por uma cirurgia de mudança de sexo.