Clique e assine a partir de 9,90/mês

Marcos Pasquim e Renata Dominguez revelam distúrbios de ansiedade

Atriz sofreu de síndrome do pânico, enquanto o global afirma ter tratado sintomas de agorafobia

Por Da redação - 8 dez 2016, 14h14

Os atores Renata Dominguez e Marcos Pasquim revelaram durante o programa Encontro com Fátima Bernardes que sofreram com transtornos de ansiedade e passaram por um longo tratamento para estabilizar as doenças.

Renata conta que teve síndrome do pânico. “Começou do nada. Tentei falar com a minha família. Mas quanto mais você escuta que é coisa da sua cabeça, pior fica. A angustia aumenta e você acredita que está perdendo a lucidez.”

Ela diz que fez uma novela inteira convivendo com o transtorno. “Precisei de ajuda psiquiátrica e fiz terapia, mas mantive o problema escondido. Quando a crise chegava, o nó, a sensação de morte, eu pedia para ir ao toalete. Fazia minhas orações e meus exercícios de respiração. Isso me ajudou a sair.”

Já Marcos Pasquim revelou que sofre de agorafobia. “Não chegou ao pânico. Eu tinha medo de multidão, de túnel, de engarrafamento, de avião.” Segundo o ator, tudo começou com pensamentos paralisantes. “Estava em uma viagem com minha esposa, ela subiu em uma pedra e eu tive medo, pedi para ela descer. Pensei, essas palavras não são minhas. Depois fizemos um passeio de helicóptero e fiquei com medo, rezei e tive taquicardia.”

Continua após a publicidade

Segundo ele, quando voltou para casa e percebeu que estava com medo de andar na própria moto, foi o momento que procurou ajuda. “O psiquiatra me passou um remédio que não foi legal, e ampliou os sintomas. Troquei. Depois, tomei remédio por uns cinco anos, hoje já estou bem”, conta.

Publicidade