Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Maratona de Carnaval começa com mais de 90 blocos

Há opções para os que gostam de marchinhas, samba e até música brega

O Carnaval já começou no Rio de Janeiro. Só neste fim de semana, mais de 90 blocos vão arrastar milhares de pessoas pelas ruas da cidade. E há opções para todo tipo de folião: desde os que gostam das tradicionais marchinhas à música brega em ritmo de samba.

Leia também:

Bloco vai reeditar toplessaço no Carnaval do Rio

A festa começou cedo, com o bloco da Pracinha, que reúne a criançada no Jardim Botânico, na Zona Sul. Em Laranjeiras, a animação ficou por conta da bateria do bloco Chupa Mas Não Baba, que se concentrou a partir das 10h. À tarde, o Simpatia é Quase Amor toma as ruas de Ipanema comemorando 30 anos de desfile. Já na Lapa, os gringos vão invadir o samba, com o Ziriguidum, que tem bateria formada por 45 ritmistas ingleses.

Domingo, cariocas e turistas têm quase 50 opções de blocos. O dia começa com o Cortejo do Cordão do Boitatá, que desfila com a maioria dos foliões fantasiados, no Centro, a partir das 8h. No mesmo horário, os pequenos fazem guerra de confete no bloco Gigantes da Lira, em Laranjeiras. No início da tarde, o Bloco da Preta promete reunir milhares de foliões na Avenida Rio Branco, no Centro.

Faça seu roteiro:

Sábado

Simpatia é Quase Amor – Concentração, às 14h, na praça General Osório, em Ipanema

Ziriguidum – Concentração, às 15h, na praça Cardeal Câmara, Lapa

Céu na Terra – Concentração, às 19h, no Largo das Neves

Domingo

Gigantes da Lira – Concentração, às 8h, na Praça General Glicério, em Laranjeiras

Cortejo do Cordão do Boitatá – Concentração, às 8h, na Rua do Mercado, no Centro

Suvaco do Cristo – Concentração, às 8h, na rua Jardim Botânico, esquina com a rua Faro, no Jardim Botânico

Escravos da Mauá – Concentração, às 10h, no Largo São Francisco da Prainha, na Saúde

Timoneiros da Viola – Concentração, às 12h, na Praça Paulo da Portela, em Madureira

Bloco da Preta – Concentração, às 13h, na Avenida Rio Branco, esquina com Presidente Vargas, no Centro