Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mangueira é a campeã do Carnaval 2019 do Rio de Janeiro

Escola levou à avenida enredo sobre heróis esquecidos pela história oficial; desfile contou com homenagem à vereadora Marielle Franco, morta há quase um ano

A Estação Primeira de Mangueira é a campeã do Carnaval 2019 do Rio de Janeiro. A escola levou à Marquês de Sapucaí enredo intitulado Histórias para Ninar Gente Grande, que tratava de heróis esquecidos pela história oficial brasileira. A escola terminou a apuração com 270 pontos. Em segundo lugar, ficou a Viradouro e, em terceiro, a Vila Isabel.

No último carro alegórico, homenageou a vereadora Marielle Franco (PSOL), assassinada há quase um ano no Rio de Janeiro em um crime ainda não solucionado. Desfilaram pela escola seus colegas de partido, como Marcelo Freixo, e a viúva da vereadora, Monica Benicio.

No desfile, a Mangueira diminuiu os heróis tradicionais da história brasileira, como Pedro Álvares Cabral e Princesa Isabel, exaltando em seguida negros e índios.

Esta foi a 19ª vitória da Mangueira. É a segunda escola carioca com mais títulos, ficando atrás apenas da Portela.

Confira abaixo como ficaram as notas de cada escola do Grupo Especial:

1º: Mangueira – 270 pontos

2º: Viradouro – 269,7 pontos

3º: Vila Isabel – 269,4 pontos

4º: Portela – 269,3 pontos

5º: Salgueiro –269,3 pontos

6º: Mocidade – 269,0 pontos

7º: Unidos da Tijuca – 268,8 pontos

8º: Paraíso do Tuiuti – 268,5 pontos

9º: Grande Rio – 267,9 pontos

10º: União da Ilha – 267,7 pontos

11º: Beija-Flor – 267,6 pontos

12º: São Clemente – 267,4 pontos

13º: Imperatriz Leopoldinense – 266,6 pontos

14º: Império Serrano – 263,8 pontos

Mais cedo, a Mangueira já havia ganhado o tradicional prêmio Estandarte de Ouro. A láurea é concedida desde 1972 pelo jornal O Globo à melhor escola dos desfiles do Rio de Janeiro, na avaliação dos críticos da publicação. 

Detalhe de ala durante desfile da escola de samba Mangueira na Marquês de Sapucaí – 05/03/2019

Detalhe de ala durante desfile da escola de samba Mangueira na Marquês de Sapucaí – 05/03/2019 (Emiliano Capozoli/VEJA.com)

Carro alegórico durante desfile da escola de samba Mangueira na Marquês de Sapucaí – 05/03/2019

Carro alegórico durante desfile da escola de samba Mangueira na Marquês de Sapucaí – 05/03/2019 (Daniel Ramalho/VEJA.com)

Escola de samba Mangueira durante desfile na Marquês de Sapucaí – 05/03/2019

Escola de samba Mangueira durante desfile na Marquês de Sapucaí – 05/03/2019 (Daniel Ramalho/VEJA.com)

Rastros da passagem da escola de samba Mangueira durante desfile na Marquês de Sapucaí – 05/03/2019

Rastros da passagem da escola de samba Mangueira durante desfile na Marquês de Sapucaí – 05/03/2019 (Daniel Ramalho/VEJA.com)

Carro alegórico da escola de samba Mangueira durante desfile na Marquês de Sapucaí – 05/03/2019

Carro alegórico da escola de samba Mangueira durante desfile na Marquês de Sapucaí – 05/03/2019 (Daniel Ramalho/VEJA.com)

Mônica Benício, viúva de Marielle Franco, participa do desfile da Mangueira na Marquês de Sapucaí – 05/03/2019

Mônica Benício, viúva de Marielle Franco, participa do desfile da Mangueira na Marquês de Sapucaí – 05/03/2019 (Emiliano Capozoli/VEJA.com)

Leci Brandão participa do desfile da Mangueira na Marquês de Sapucaí – 05/03/2019

Leci Brandão participa do desfile da Mangueira na Marquês de Sapucaí – 05/03/2019 (Emiliano Capozoli/VEJA.com)

Carro alegórico da Mangueira no segundo dia de desfile na Marquês de Sapucaí – 05/03/2019

Carro alegórico da Mangueira no segundo dia de desfile na Marquês de Sapucaí – 05/03/2019 (Emiliano Capozoli/VEJA.com)

Comissão de frente da Mangueira no segundo dia de desfile na Marquês de Sapucaí – 05/03/2019

Comissão de frente da Mangueira no segundo dia de desfile na Marquês de Sapucaí – 05/03/2019 (Emiliano Capozoli/VEJA.com)

Destaques do carro abre-alas da Mangueira no segundo dia de desfile na Marquês de Sapucaí – 05/03/2019

Destaques do carro abre-alas da Mangueira no segundo dia de desfile na Marquês de Sapucaí – 05/03/2019 (Emiliano Capozoli/VEJA.com)

Integrantes da comissão de frente da Mangueira durante desfile na Marquês de Sapucaí – 05/03/2019

Integrantes da comissão de frente da Mangueira durante desfile na Marquês de Sapucaí – 05/03/2019 (Emiliano Capozoli/VEJA.com)

Porta-bandeira da escola de samba Estação Primeira de Mangueira, durante desfile na Marquês de Sapucaí – 05/03/2019

Porta-bandeira da escola de samba Estação Primeira de Mangueira, durante desfile na Marquês de Sapucaí – 05/03/2019 (Daniel Ramalho/VEJA.com)

Com o enredo ‘História pra ninar gente grande’, a escola de samba Estação Primeira de Mangueira desfila no Sambódromo da Marquês de Sapucaí – 05/03/2019

Com o enredo ‘História pra ninar gente grande’, a escola de samba Estação Primeira de Mangueira desfila no Sambódromo da Marquês de Sapucaí – 05/03/2019 (Daniel Ramalho/VEJA.com)

Com o enredo ‘História pra ninar gente grande’, a escola de samba Estação Primeira de Mangueira desfila no Sambódromo da Marquês de Sapucaí – 05/03/2019

Com o enredo ‘História pra ninar gente grande’, a escola de samba Estação Primeira de Mangueira desfila no Sambódromo da Marquês de Sapucaí – 05/03/2019 (Daniel Ramalho/VEJA.com)

Evelyn Bastos, rainha de bateria da escola de samba Estação Primeira de Mangueira, é vista com exemplar de lei sobre posse de escravos, durante desfile – 05/03/2019

Evelyn Bastos, rainha de bateria da escola de samba Estação Primeira de Mangueira, é vista com exemplar de lei sobre posse de escravos, durante desfile – 05/03/2019 (Daniel Ramalho/VEJA.com)