Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mangueira desfila com imagem de Crivella em uma réplica de Judas

Escola fez duras críticas ao prefeito do Rio, que cortou pela metade a verba para as escolas de samba, e arrancou aplausos do público

Penúltima escola a desfilar na primeira noite do grupo especial, a Estação Primeira de Mangueira não poupou o prefeito Marcelo Crivella de críticas. A escola, que passou pela Sapucaí com o samba-enredo “Com dinheiro ou sem, eu brinco”, fez críticas à decisão do prefeito de cortar pela metade a verba para as escolas de samba.

Em um dos carros da escola, uma foto de Crivella foi colada a uma réplica de Judas, uma referência à promessa do prefeito, durante a campanha eleitoral em 2016, de que manteria a subvenção ao Carnaval. No pescoço do boneco, estava pendurada uma placa onde se lia “Pega no ganzá”, trecho da música que ele, então candidato, cantou na Liga das escolas de Samba quando foi pedir o voto dos carnavalescos.

Veja também

A garantia, que depois não foi cumprida, fez com que o político conseguisse o apoio dos dirigentes durante a disputa. Na alegoria, que tem um diabo como destaque, também estava escrita a mensagem: “prefeito, pecado é não brincar o Carnaval”. Em outro carro, uma réplica de cristo coberto por um plástico preto carregava uma faixa onde se lia “Olhai por nós, o prefeito não sabe o que faz”.

As alegorias com as críticas arrancaram muitos aplausos do público, que apontava e fotografava as imagens representadas. Os foliões cantaram com entusiasmo o refrão “Eu sou Mangueira senhor, não me leve a mal. Pecado é não brincar o Carnaval”.

A Mangueira não foi a única se rebelar contra políticos nesse primeiro dia do grupo especial na Sapucaí. Mais cedo, a Paraíso do Tuiuti cruzou a avenida com uma forte crítica ao trabalho escravo e à reforma trabalhista aprovada no governo de Michel Temer. Um dos carros tinha como destaque um vampiro-presidente.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Mirabeau Amado

    A Mangueira condenou o corte de verbas da Prefeitura do Rio, que neste ano repassou menos dinheiro às escolas de samba, com críticas diretas ao prefeito Marcelo Crivella. FAZER FESTA COM O DINHEIRO PÚBLICO É A MELHOR COISA DO MUNDO. PARABÉNS PREFEITO CRIVELLA. E NOS FAÇA UM FAVOR NO PRÓXIMO ANO, CORTE TUDO, TUDINHO. NENHUM CENTAVO PÚBLICO PARA FESTA PRIVADA, SEJA ELA DE QUEM FOR.

    Curtir

  2. Pacífico Guerra

    Parabéns Prefeito Crivella, no próximo ano corte tudo, não dê um centavo pra essas escolas de samba, deixe que os bicheiros e traficantes assumam.

    Curtir

  3. Tanto bandido no RJ para atacar e vão atacar o Crivela?!!!! Porque não atacaram o bandidao do CABRAL, que quebrou o Estado por completo? Pq não criticou os PICCIANI’s????
    Ou tantos outros políticos corruptos?!!!
    Sabe pq???? Pq estL LIXO de carnaval não estão nem aí para o cidadão, para as filas em hospitais ou segurança pública!!
    #parabenscrivela

    Curtir

  4. news da hora

    Deveriam ter também criticado o Lula e Dilma , que abandonaram o Brasil , especialmente as fronteiras para os amigos bolivarianos trazer drogas e armas de guerra o Rio de Janeiro .

    Curtir

  5. news da hora

    O carnaval é uma festa muito bonita , e diverte as pessoas se não houver violência . Mas , o dever de patrocinar o carnaval é das empresas de bebidas e alimentações , pois tens lucros o suficiente .

    Curtir

  6. news da hora

    Tem que deixar as verbas públicas , para a educação , saúde e segurança . E também para outros setores fundamentais para as famílias de bem do nosso Brasil .

    Curtir

  7. Ataíde Jorge de Oliveira

    PAÇÇOU@MANgU&ÏR@
    ôRË$TO:NãOvaiPA$$AR

    Curtir

  8. Esses favelados merecem se fu….. , tinha que acabar com qualquer ajuda financeira, dinheiro público deve ser empregado para fins sociais e não essa porcaria que todo ano e a mesma coisa. Parabéns ao prefeito espero que no ano que vem tenha um pouco mais de coragem e corte em 100% .

    Curtir

  9. Turista não vota. Só pela quantidade de cariocas que fogem do Rio no Carnaval, é provável que Crivella se reeleja.

    Curtir

  10. Paulo Santos

    Pois é também critico o prefeito por ter cortado pela metade o dinheiro para as escolas de samba. Tinha que ter cortado 100%. E não é porque não gosto de carnaval. É porque as escolas tem, como verdadeiras empresas que são, de serem independentes financeiramente.

    Curtir