Clique e assine a partir de 9,90/mês

Macaco deixado por Justin Bieber vai para parque alemão

Por Da Redação - 31 Maio 2013, 14h41

Um macaco que pertenceu a Justin Bieber foi levado a um parque de animais selvagens na Alemanha, porque o cantor, que não apresentou a documentação necessária para liberá-lo na alfândega, ao deixar o país onde fez shows em março, também não fez nada para mandar buscá-lo no país. Na falta dos certificados de proteção da espécie e de condições de saúde exigidos por lei, “Mally”, um macaco-prego de 23 semanas, foi confiscado por autoridades e se tornou propriedade nacional alemã.

LEIA TAMBÉM: Justin Bieber abandona macaco de estimação na Alemanha

Noel Gallagher: “Meu gato é mais rock’n’roll que o Justin Bieber”

Justin Bieber é acusado de crueldade contra animais

Continua após a publicidade

Justin Bieber e o macaco Mally
Justin Bieber e o macaco Mally VEJA

Mally estava em um abrigo de animais e foi transferido para o Parque Serengeti, em Hodenhagen, no norte da Alemanha, onde permanecerá em quarentena por mais algumas semanas antes de ser instalado permanentemente com outros macacos prego-de-cara-branca. “Ele vai entrar em nosso espaço para macacos-prego, onde há uma bela ilha de 40 metros de comprimento e 20 metros de largura. Há muitas árvores, por isso, tentar reconhecê-lo ali vai ser como entrar num jogo”, disse o chefe do parque, Fabrizio Sepe.

LEIA TAMBÉM

A fase negra de Justin Bieber

Continua após a publicidade

Bieber tem mais fãs fantasmas do que reais no Twitter

Mally foi levado para o parque em segredo, para sua proteção, mas os fãs vão poder visitá-lo. Segundo Sepe, enquanto a maioria dos animais costuma permanecer nos primeiros três dias nas caixas em que são transportados, assim que chegou Mally logo se aventurou a sair. Sepe disse não ter notícias de Bieber nesse caso, mas acrescentou que ficará feliz em dar informações ao cantor, se ele ainda estiver interessado no macaco.

(Com agência Reuters)

Publicidade