Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Luciano foi internado após porre de uísque com Rivotril

Em entrevista ao 'Programa do Jô' que vai ao ar nesta terça, o cantor negou que vá encerrar a parceria com o irmão, Zezé Di Camargo

A arritmia que levou à internação do cantor Luciano na unidade de terapia intensiva (UTI) do hospital Santa Cruz, em Curitiba, na última sexta-feira, foi causada por uma mistura de uísque com Rivotril – ansiolítico que costuma ser usado para dormir – e medicamento diurético. A receita do coquetel foi revelada nesta terça-feira, durante a gravação da entrevista para o Programa do Jô que vai ao ar nesta noite.

Luciano comentou que na noite da última quinta, depois de discutir com o irmão Zezé – o motivo da briga ele não revelou – e chegar a anunciar sua saída da dupla, ele voltou nervoso para o hotel, em Curitiba. No quarto ao lado àquele onde a mulher conversava com o cunhado, Emanuel Camargo, misturou álcool e remédio. “Eu estava ‘p da vida’ e resolvi tomar um porre”, contou.

Para piorar, Luciano esqueceu de tomar potássio, substância que precisa ingerir para compensar a perda gerada pelo consumo de diuréticos. “Eu tenho uma certa dificuldade para urinar, então, tomo diurético duas ou três vezes por mês”, explicou. Flavia, a mulher, ao vê-lo em mau estado chegou a perguntar se ele havia bebido. Nem adiantaria negar nada. O coquetel levou Luciano ao hospital.

Mesmo sem revelar a causa do desentendimento com Zezé, Luciano falou bastante sobre o assunto. Jô Soares também brincou com o tema, apesar de evitar perguntas sobre a causa da briga. “Não vão brigar aqui”, disse. “Eu e o Zezé nunca tivemos uma discussão forte em 20 anos de carreira. Naquele dia, infelizmente, nós discutimos e eu saí do teatro. Quando voltei, pedi para a banda parar de tocar, porque queria falar. Aí, avisei que havia desistido, acreditava mesmo que não queria mais.”

Na última quinta, durante show no Teatro Guaíra, em Curitiba, Luciano anunciou o fim da parceria com o irmão. Zezé começou o show sozinho. Luciano surgiu com cerca de meia-hora de atraso avisando ao público que no próximo ano Zezé cantaria sozinho.

Algumas atitudes dos dois irmãos também pareceram ligadas ao desentendimento entre eles. Num momento, Zezé disse que havia prometido que as coisas seriam diferentes e então se levantou e trocou de lugar com Luciano, que passou a se sentar mais perto de Jô Soares. A troca durou até Luciano bater o joelho na mesa de Jô e pedir para o irmão voltar ao lugar principal do sofá. Em outro ponto do programa, Luciano disse que não sairia da dupla, mas que queria uma cláusula no contrato que impedisse Zezé de fazê-lo chorar – se de alegria ou de tristeza, não especificou. Por fim, em um terceiro momento, os dois cantaram o hit O Portão, de Roberto Carlos, que tem os versos “Eu voltei/ agora pra ficar”.