Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Louis C.K. tem projetos cancelados e pede desculpa por assédios

Comediante liberou um comunicado admitindo ter se masturbado diante de mulheres com quem trabalhava

Acusado por cinco mulheres de se masturbar em frente delas, o comediante Louis C.K. teve vários projetos cancelados nos últimos dois dias, incluindo um filme que estava prestes a entrar em cartaz. Diante do escândalo, ele liberou um comunicado no qual admite os casos de assédio.

“Essas histórias são verdadeiras”, inicia. “Naquela época, eu disse a mim mesmo que o que eu fiz era ok porque eu nunca mostrei meu pênis a uma mulher sem perguntar antes, o que também é verdade. Mas eu aprendi depois na vida, tarde demais, que, quando você tem poder sobre outra pessoa, pedir para ela olhar o seu pênis não está em questão. O poder que eu tinha sobre elas era o que elas admiravam em mim. E eu usei esee poder de forma irresponsável.”

A Netflix cancelou um especial de stand up comedy do humorista após o jornal The New York Times publicar as denúncias. Também hoje, a distribuidora Orchard anunciou que os planos de lançar o filme I Love You, Daddy, escrito, dirigido e produzido por ele e previsto para estrear na próxima semana. Antes mesmo da reportagem sair, a HBO já havia levado os então rumores a sério e anunciado que retiraria os vídeos com o comediante de seu serviço de streaming, além de cancelar a participação dele em outro especial, marcado para 18 de novembro.