Clique e assine a partir de 9,90/mês

Livro de Marguerite Duras inspira filme sobre a 2ª Guerra; confira trailer

'Memórias da Dor' foi escolhido para representar a França na briga pelo troféu de melhor longa estrangeiro no Oscar de 2019

Por Redação - Atualizado em 14 dez 2018, 08h11 - Publicado em 14 dez 2018, 08h06

Parte autobiográfico, parte fruto da imaginação de Marguerite Duras, uma das principais escritoras do século XX, o livro A Dor, de 1985, ganhou adaptação para o cinema. Em Memórias da Dor, Marguerite (Mélanie Thierry) é uma jovem escritora que se encontra perdida após a deportação de seu marido Robert (Emmanuel Bourdieu), uma grande figura da Resistência de uma França ocupada pelos nazistas em 1944.

A história ganha outro rumo quando a mulher conhece o agente da Gestapo Pierre Rabier (Benoit Magimel) e, desesperada, vê uma oportunidade de obter informações sobre o paradeiro de seu amado ao iniciar um jogo de gato e rato com o policial.

Desbancando concorrentes de peso como Shoah, o último filme do diretor Claude Lanzmann, morto em julho deste ano, e Climax, de Gaspar Noé, o longa foi escolhido como pré-indicado da França ao prêmio de melhor filme estrangeiro no Oscar 2019. Os indicados à premiação serão divulgados em 22 de janeiro.

Continua após a publicidade

Memórias da Dor estreia em 17 de janeiro no Brasil.

Publicidade