Lindsay Lohan se interna em clínica de reabilitação. Seu polêmico pai se pronuncia

Clínica é de Robert Shapiro, advogado de O.J. Simpson, recém-contratado por ela

Por Da Redação - 15 jul 2010, 18h33

Menos de uma semana antes da data marcada para Lindsay Lohan começar a cumprir pena de 90 dias de prisão, a atriz teria se mudado para uma clínica de reabilitação em Los Angeles.

O site de notícias sobre celebridades X17online.com postou fotos da atriz entrando no prédio da clínica na noite de quinta-feira e de sua mãe, Dina, a irmã Ali e a ex-namorada, a DJ Samantha Ronson, indo ao local mais tarde, aparentemente para visitá-la.

Lohan, de 24 anos, que sob ordens de um tribunal está usando uma tornozeleira de monitoramento de álcool, deve começar em 20 de julho a cumprir pena de 90 dias de prisão por ter faltado a aulas de educação antiálcool que faziam parte de sua liberdade condicional – ela foi detida por dirigir embriagada em 2007.

O tribunal também ordenou que, depois de completar sua sentença de prisão, ela participe de um programa de reabilitação de pacientes, com duração de 90 dias.

Publicidade

A advogada da atriz abandonou seu caso inesperadamente na semana passada, e consta que Lohan teria contratado o famoso advogado de defesa Robert Shapiro para recorrer da sentença. Integrante da equipe de advogados que defendeu o jogador de futebol americano O.J. Simpson da acusação de assassinar sua mulher, em 1994, Shapiro é dono da clínica onde Lohan estaria internada no momento.

O site de celebridades TMZ.com disse que Shapiro vai tentar convencer a juíza responsável pelo caso de Lohan a modificar sua sentença de prisão, focando em lugar disso a sua reabilitação.

O veículo entrou em contato com Michael Lohan, o pai polêmico da atriz, que deu a seguinte declaração: “Por que eu tive que gritar do alto de uma montanha para Lindsay me ouvir e agora, finalmente, ela está fazendo o que eu disse? Rezo para que façam o resto, que é livrá-la de todos os medicamentos, fazer novos amigos e que Dina [a mãe de Lindsay] coloque seus motivos de lado e vá para o aconselhamento com Lindsay e comigo.”

(Com agência Reuters)

Publicidade