Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lindsay Lohan demite advogada e pode voltar para a prisão

Shawn Holley, que já livrou a atriz da cadeia diversas vezes, recebeu na segunda-feira uma carta de demissão enviada pelo novo advogado da artista

A atriz Lindsay Lohan pode estar em maus lençóis… de novo. Segundo o site TMZ, Lindsay demitiu na segunda-feira a advogada Shawn Holley, que já a livrou diversas vezes da cadeia.

LEIA TAMBÉM:

LEIA TAMBÉM: Jornalista do NYT diz que Lindsay Lohan dirigiu bêbada

Lindsay Lohan bebe dois litros de vodca por dia, diz site

De acordo com o site, Lindsay tem dito a amigos que não queria ter demitido a advogada, no entanto, contratou um outro advogado em Nova York, Mark Heller, e ele teria demitido Shawn. O TMZ afirma que Lindsay assinou a carta de demissão, provando que ela estava ciente. Segundo o site Radar Online, Lindsay está devendo mais de 300.000 dólares a Shawn e não a paga nada há mais de seis meses.

Audiência – O problema, diz o site, é que Lindsay tem uma audiência marcada para a manhã desta terça-feira, em Los Angeles, na qual Shawn deveria comparecer para discutir os termos da sentença de Lindsay — ela está sendo acusada de ter mentido para policiais no ano passado, após sofrer um acidente dirigindo e insistir que quem estava ao volante era sua assistente.

Segundo o TMZ, a promotoria estava disposta a deixar Lindsay livre se ela se comprometesse a passar seis meses em uma clínica de reabilitação. Porém, com Shawn demitida e seu novo advogado em Nova York, ela não tem quem possa discutir esses termos na audiência de hoje, que está marcada para as 8h30 (horário local; 14h30 de Brasília). A menos, claro, que ela recontrate Shawn.