Clique e assine com 88% de desconto

Lindsay Lohan corre contra o tempo para cumprir pena

A atriz foi condenada a prestar serviço comunitário por bater em um caminhão em 2012, mas não cumpriu o prazo determinado pela Justiça

Por Da Redação - 26 jan 2015, 20h47

Lindsay Lohan está em uma corrida contra o tempo para entregar as horas de serviço comunitário que deveria prestar em Londres para não ser presa por direção perigosa e por mentir para a polícia ao se envolver em um acidente com um caminhão, em 2012. A atriz deveria cumprir 30 dias de serviço até o inicio de novembro, mas não conseguiu, alegando motivos diversos – que não a impediram de cair na balada no período.

O juiz ainda concedeu “férias” na sentença e ampliou o prazo até 28 de janeiro. Segundo o site americano TMZ, Lindsay compareceu na última sexta e no sábado ao Centro de Serviço Comunitário, onde realiza atividades para ajudar pessoas carentes ou com alguma deficiência, mas ainda parece distante de completar as horas de serviço.

Leia também:

Lindsay Lohan cumprirá pena como faxineira de necrotério

Publicidade

Tal mãe, tal filha: Dina Lohan terá que cumprir 100 horas de trabalho comunitário

São várias as justificativas para postergar tanto o compromisso. Primeiro, ela disse que o Centro de Serviço Comunitário fechou por duas semanas durante o período de festas. Depois, ela estava em Bora-Bora. E com chikungunya. Há quem diga que a atriz se internou para ter mais uma desculpa. Afinal, durante sua viagem no inicio do mês, Lindsay compartilhou em seu Twitter que apesar do mal-estar ela não deixaria que os sintomas a atrapalhassem de curtir as festas na Polinésia Francesa. Mas, quando se trata e cumprir o serviço comunitário, ela não parece demonstrar tanta disposição.

O site TMZ não deixou barato quando a atriz postou uma foto seminua em seu Instragam com a seguinte legenda: “#minhascalvins [marca de roupas íntimas] estão me ajudando a lutar contra a chikungunya” e foi direto ao ponto ao dizer que a publicação não seria um bom argumento na avaliação do serviço comunitário, que acontecerá na quarta-feira. Lindsay vai enfrentar um novo juiz nesse encontro e, caso não tenha cumprido as horas de serviço comunitário até lá, o Ministério Público pode dar voz de prisão à atriz.

Publicidade