Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Leonardo DiCaprio salva homem que ficou perdido por 11 horas no mar

O ator comemorava a chegada de 2020 com amigos em seu iate quando recebeu um alerta da guarda costeira sobre um jovem que caiu de um cruzeiro

Por Redação - Atualizado em 9 jan 2020, 11h43 - Publicado em 9 jan 2020, 11h33

Leonardo DiCaprio sabe muito bem que não se abandona alguém no mar (oi, final de Titanic). Na vida real, o ator ajudou a salvar um homem que estava havia 11 horas perdido em mar aberto. O caso aconteceu em 30 de dezembro, mas foi divulgado nesta quarta-feira pelo jornal The Sun. Enquanto se despedia de 2019 com a namorada Camila Morrone e um grupo de amigos em seu iate no Caribe, DiCaprio interceptou um pedido de socorro da guarda costeira, avisando que um homem estava perdido no mar. O ator mudou sua rota e salvou o náufrago.

O indivíduo era um francês de 24 anos, que caiu de um cruzeiro depois de se embebedar e ficou à deriva por cerca de 11 horas. Após salvá-lo, DiCaprio deu comida, água e roupas para o jovem, antes de levá-lo às autoridades. Caso o ator não tivesse chegado naquele momento, as chances do francês eram mínimas. Além da hipotermia, faltava menos de uma hora para escurecer e uma tempestade chegar.

Segundo o capitão do barco de onde o homem caiu, ele tinha “uma chance em um bilhão”. A estatística fica ainda maior se for levada em conta as chances de alguém ser salvo por um astro de Hollywood.

 

Publicidade