Leandra Leal reforça campanha com beijo gay em Mariana Ximenes

Paolla Oliveira, Cauã Reymond e Fernanda Vasconcellos também usaram as redes para criticar a homofobia

Por Da redação - Atualizado em 8 maio 2017, 21h32 - Publicado em 8 maio 2017, 21h19

Diversas celebridades brasileiras, como Leandra Leal, Cauã Reymond, Juliano Cazarré e Monica Martelli, vêm aderindo desde o fim de semana à campanha #Kiss4LGBTQRights, um protesto contra a repressão à comunidade LGBT na Rússia. Com fotos de beijos gays, os atores lançaram mão de longos textos para se posicionarem contra o preconceito pelo mundo.

Leandra postou uma imagem do filme O Uivo da Gaita, em que aparece beijando Mariana Ximenes. “No dia do silêncio, holofotes contra quem tenta silenciar o amor! Sejamos nós, o país que mais mata LGBT no mundo, ou o governo russo, que tenta calar com prisões, campos de concentração e tortura física e psicológica. Não se cale! Poste você também um beijo e marque o Kremlin na localização do Instagram com as hashtags da campanha. O amor é livre!”, escreveu a atriz.

View this post on Instagram

Publicidade

No dia do silêncio, HOLOFOTES contra quem tenta silenciar o amor! Sejamos nós, o país que mais mata LGBT no mundo, ou o governo russo, que tenta calar com prisões, campos de concentração e tortura física e psicológica. Não se cale! Poste você também um beijo e marque o Kremlin na localização do Instagram com as hashtags da campanha. O amor é livre! #NãoSilencieOAmor #Kiss4LGBTQRights Nessa foto do filme O Uivo da Gaita, estou com a @marixioficial, minha amiga incriveland.

Publicidade

A post shared by Leandra Leal (@leandraleal) on

Mariana Ximenes usou uma foto do filme O Direito de Amar, de Tom Ford. “É sobre isso que eu queria falar com vocês, o direito de amar quem você quiser. Na Rússia não é bem assim, lá existem leis que ‘proíbem’ a homossexualidade, como se fosse uma escolha.”

View this post on Instagram

Publicidade

#ASingleMan é a estreia de Tom Ford na direção de um filme, em português o título virou #DireitoDeAmar e é sobre isso que eu queria falar com vocês, o direito de amar QUEM VOCÊ QUISER. Na Rússia não é bem assim, lá existem leis que ‘proíbem’ a homossexualidade, como se fosse uma escolha. A liberdade de manifestar apoio a causas sobre diversidade sexual também é combatida, então hoje, no Dia do Silêncio, vamos fazer um protesto virtual. Poste uma foto de um beijo, use a tag #Kiss4LGBTQrights, marque Kremlim na localização e #NãoSilencieOAmor NUNCA.

Publicidade

A post shared by Mariana Ximenes (@marixioficial) on

Cauã Reymond também usou uma imagem hollywoodiana, do filme Milk, com Sean Pean, para participar do protesto. “Tem gente morrendo e sendo torturada na Rússia apenas por ser quem é. Homossexuais são reprimidos, enviados a campos de concentração e outros absurdos que nem temos conhecimento”, disse, antes de convidar seus seguidores a participar da campanha.

View this post on Instagram

Publicidade

Tem gente morrendo e sendo torturada na Rússia apenas por ser quem é. Homossexuais são reprimidos, enviados a campos de concentração e outros absurdos que nem temos conhecimento. Hoje é #DiaDoSilêncio, mas vamos dar voz a um movimento chamado #Kiss4LGBTQrights. Poste uma foto de beijo, use a tag, marque Kremlim na localização e #NãoSilencieOAmor, vamos juntos fazer parte desse protesto virtual em apoio a todos que lutam pela liberdade. A imagem que postei é cena de #Milk, filme onde Sean Pean interpreta Harvey Milk, político e ativista gay, primeiro homem abertamente gay a vencer uma eleição na Califórnia.

Publicidade

A post shared by Cauã Reymond (@cauareymond) on

Barbara França, de Malhação, postou uma foto beijando a colega de elenco Aline Dias.

View this post on Instagram

Publicidade

E no #DiaDoSilencio não vamos silenciar o amor ! NÃO a qualquer forma de preconceito, NÃO à homofobia, NÃO ao ódio, NÃO ao desrespeito , mas SIM a todas as formas de AMOR ! ❤️#NaoSilencieOAmor #Kiss4LGBTQrights

Publicidade

A post shared by Barbara França ⚡️ (@barbarafrancaa) on

Sem textão, o estilista Alexandre Herchcovitch preferiu apenas utilizar as hashtags da campanha em uma foto ao lado do marido, Fábio Souza.

View this post on Instagram

Publicidade

#NãoSilencieOAmor #lgbt #lgbtq #kiss4lgbtqrights #DiaDoSilêncio

Publicidade

A post shared by Alexandre Herchcovitch (@alexandreherchcovitch) on

Confira abaixo outras publicações feitas por personalidades brasileiras:

View this post on Instagram

Publicidade

Amar é lindo. Amar é livre! Mas em alguns lugares do mundo essa é uma condição limitada. Na Rússia, existem leis que proíbem a homossexualidade e qualquer manifestação em defesa da liberdade sexual. Em locais como a Chechênia há relatos de campos de concentração, para onde gays são levados e torturados. Hoje, no dia do silêncio, vamos mandar muito amor para essas pessoas que não podem ser quem são. Poste uma foto de um beijo, marque Kremlin na localização e use as tags #Kiss4LGBTQrights e #NãoSilencieOAmor, grite para e com o mundo que amar é tudo de bom. Essas maravilhosas na foto são a @lelagomes e @giordannaforte.

Publicidade

A post shared by Paolla Oliveira (@paollaoliveirareal) on

 

View this post on Instagram

Publicidade

Amores, é o seguinte, hoje é #DiaDoSilêncio, mas aqui nas redes nós vamos fazer muito barulho e chamar a atenção para uma coisa absurdamente desumana que acontece na Rússia. Vocês sabiam que lá a homossexualidade é crime? Que há denúncias de campos de concentração para gays, iguais os da época do nazismo? Então cata seu boy, cata sua mina, não importa, mas hoje é dia de manifestar seu apoio a um lugar onde as manifestações foram proibidas por lei. Vamos apoiar toda comunidade LGBTQ que sofre apenas por ser quem é. Poste uma foto beijando seu parceiro ou sua parceira, marque a localização “Kremlim”, em Moscow, use a tag #Kiss4LGBTQRights e #NãoSilencieOAmor e ame, seja feliz, não existe coisa melhor. Esses na foto que postei são meus amigos há 20 anos e postar seu amor hoje foi a forma que eu encontrei de demonstrar que não se trata só de se colocar no lugar do outro. A tal da empatia, que tanto exaltamos. Trata-se de zelar pelo amor de quem a gente ama também. Por um mundo que os acolha sem restrições. Amo vocês amores! #NaoSilencieOAmor

A post shared by Mônica Martelli (@monicamartelli) on

View this post on Instagram

Publicidade

Peço licença aos amigos Matheus Solano e Thiago Fragoso para usar esse momento histórico da televisão brasileira e protestar contra a repressão, violência e arbitrariedade que os gays sofrem na Rússia. O Brasil não fica atrás, somos o país que mais mata gays e trans no mundo todo. Isso tem que parar. #kiss4lgbtqrights #direitoslgbt #maisamorporfavor 🏳️‍🌈

Publicidade

A post shared by Juliano Cazarré (@cazarre) on

Publicidade