Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Kristen Stewart diz que Trump era obcecado por ela

Donald Trump, em 2012, comentou no Twitter a relação entre a atriz e o ator Robert Pattinson, astros da saga adolescente "Crepúsculo"

A protagonista da saga “Crepúsculo”, Kristen Stewart, declarou na sexta-feira que o presidente americano, Donald Trump, estava obcecado com ela quando publicou uma série de tuítes em 2012 atacando-a por ter sido infiel a Robert Pattinson. A atriz de 26 anos respondeu pela primeira vez às críticas de Trump, feitas por ele quando ainda era astro do programa de reality show “The Celebrity Apprentice”.

O presidente escreveu cinco tuítes sobre o casal de atores em outubro e novembro de 2012, depois que a infidelidade de Stewart a Pattinson com o diretor Rupert Sanders veio à tona. Fotos da traição foram divulgadas, levando Stewart a se desculpar pela “dor e vergonha” que causou por esta “indiscrição momentânea”.

Trump escreveu na época: “Robert Pattinson não deve voltar com Kristen Stewart”; depois que “o enganou como um cachorro e fará isso de novo, só observem. Ele pode ter algo muito melhor”. “100% certo” que Stewart será infiel de novo, “alguma vez me equivoquei?”. “Termine com Kristen Stewart”, tuitou, acrescentando: “Em alguns anos ele vai me agradecer. Seja inteligente, Robert”. Stewart e Pattinson seguiram juntos até maio do ano seguinte.

“Naquela época, ele era apenas um astro de reality shows, eu não tinha referências. Não era realmente uma coisa importante,” disse Stewart à revista Variety. “Mas, em retrospectiva, alguém me lembrou disso e eu me dei conta”, afirmou a atriz. Stewart, que interpreta Bella na saga “Crepúsculo”, chega a Sundance para apresentar sua estreia como diretora no curta “Come Swim”.

Também foi aclamada por seu papel em “Para Sempre Alice” (2014), onde interpreta a filha da indicada ao Oscar Julianne Moore, que personifica uma mulher com Alzheimer. Sua vida pessoal sempre foi alvo das revistas de fofocas e tabloides, que acompanharam de perto seu romance com Pattinson.

(Com agência EFE)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Andrey Tchepurnoy

    Aff, mais uma otaria…

    Curtir

  2. O Trump não me ligou 57 vezes! 57! E isso tudo em um dia!

    Curtir

  3. RUBEN DARIO SERRANO

    A carreira dela acabou após se declarar lésbica então precisa aparecer como anti-Trump para tentar voltar aos holofotes judeo-socialistas de Hollywood!!!

    Curtir

  4. Joel Carvalho

    Nelio CM, “vaga bunda” pode ser também algo da classe de “vaga lembrança”, “vaga noção”. rsrsrsrsrsrs

    Curtir

  5. Gian M. Bass

    Trump só disse verdades!…….

    Curtir