Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Kim Kardashian ‘equilibrista’ refaz ensaio icônico de 1976

Mulher de Kanye West aparece equilibrando uma taça de champanhe no traseiro em releitura de uma célebre fotografia do francês Jean-Paul Goude

Por Da Redação - 12 nov 2014, 20h37

Meses depois de seu extravagante casamento com o rapper Kanye West, Kim Kardashian volta a chamar a atenção com a releitura de uma célebre imagem do fotógrafo e designer francês Jean-Paul Goude, feita originalmente em 1976 com a modelo Carolina Beaumont, cuja reprodução vale hoje até 30.000 dólares (cerca de 76.000 reais). Em ensaio feito também por Goude, para a edição de dezembro da revista americana de variedades Paper, Kim aparece de perfil equilibrando uma taça de champanhe no derrière.

Leia também:

A cultura das ‘popozudas’ invade a América

Kim Kardashian é apontada como pivô do divórcio de Mariah Carey

Publicidade

Kardashian passou lua de mel alterando fotos do casório no Photoshop

Em outra imagem do ensaio, também divulgada nesta terça-feira, Kim aparece nua, de costas, exibindo dotes que também deram fama à funkeira Valesca Popozuda – que, por sinal, também já se exibiu equilibrando taças com o traseiro. Um dom para poucos, como a própria Kim tratou de frisar em seu perfil no Twitter. “E dizem que eu não tenho talentos…”. O título do ensaio da Paper é “Break the Internet”. Nem tanto. O ensaio rendeu algumas piadas nas redes sociais, como se poderia supor, mas deve ser logo superado pela próxima extravagância de Kim.

Nicki Minaj

Publicidade

Compadre Washington ficaria orgulhoso de ter a rapper americana Nicki Minaj em sua trupe. No clipe mais recente da moça, Anaconda, Nicki e dançarinas para lá calipígeas rebolam e fazem movimentos com os glúteos que poucos seriam capazes de repetir. Lançado no fim de agosto, o clipe bateu recorde de visualizações no canal Vevo e já possui mais de 202 milhões de visualizações. 

Jennifer Lopez e Iggy Azalea

Outras que poderiam se candidatar a loira e a morena do Tchan são Jennifer Lopez e Iggy Azalea. O derriére da nova-iorquina de ascendência porto-riquenha é famoso desde o fim dos anos 1990, quando ela desbancou as cantoras, na época magrelas, Britney Spears e Christina Aguilera do topo das paradas. Já a australiana Iggy acaba de chegar ao cenário musical, mas ela chegou chegando. Loira, magra, com pouco peito mas nádegas fartas, a moça se tornou queridinha do mundo da moda. Jennifer e Iggy uniram seus atributos físicos no clipe Booty, que foi lançado em 18 de setembro e contabiliza mais de 37 milhões de visualizações no YouTube. 

Beyoncé

Publicidade

No Video Music Awards (VMA) 2014, Beyoncé roubou a cena ao apresentar uma combinação de faixas do disco que levava o seu nome. No show de 16 minutos, a cantora americana fez drama, dançou, rebolou, deixou os cabelos ao vento e pregou o feminismo. Considerada uma das personalidades mais influentes do mundo, ela abusa dos figurinos diminutos e dos movimentos pélvicos nos palcos desde o tempo do grupo Destiny’s Child, nos anos 1990. 

Shakira e Rihanna

A colombiana Shakira e a caribenha Rihanna são sinônimo da sensualidade latina nos Estados Unidos. Claro que juntas as moças não economizariam no rebolado. Foi o que aconteceu no clipe da canção Can’t Remember to Forget You. Lançado em janeiro de 2014, o clipe já soma mais de 400 milhões de visualizações e é um dos mais vistos do ano no YouTube. 

Miley Cyrus

Publicidade

A americana Miley Cyrus gosta de mostrar o corpo, seja qual parte for. A ex-Hannah Montana popularizou o rebolado twerk durante sua apresentação bisonha do Video Music Awards (VMA) 2013, e desde então dificilmente usa roupas que cubram as nádegas. Na turnê Bangerz Tour, a cantora de curvas discretas apostou em um figurino que conta com um traseiro falso. 

Meghan Trainor

Aos 20 anos, a cantora Meghan Trainor ganhou visibilidade com a música All about That Bass, que prega o fim da ditadura da magreza e o culto ao corpo com curvas — especialmente ao traseiro. Menos apelativa que as demais popozudas do momento, Meghan faz o tipo “gordinha sexy” e não lança mão de figurinos muito ousados. 

Publicidade