Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Kate Middleton está com tudo — e continua prosa

A Duquesa de Cambridge roubou a cena na festa da rainha Elizabeth II, com um acessório avaliado em mais de três mil reais, foi eleita o ícone de beleza do Reino Unido e tem o nariz mais copiado nos consultórios de cirurgia plástica

A barriga de sete meses de gravidez real, por incrível que pareça, é apenas um dos muitos assuntos que suscitam comentários ao redor do mundo toda vez que Kate Middleton aparece em público. A barriguinha, por exemplo, dividiu atenções nesta terça-feira com um fascinator (acessório para cabelo típico comum em eventos formais na Inglaterra) avaliado em mais de 3.000 reais, que foi usado pela Duquesa de Cambridge em cerimônia comemorativa do 60º aniversário da coroação da rainha Elizabeth II.

A mulher do príncipe William também foi escolhida ícone de beleza mais influente do Reino Unido pela rede de lojas de cosméticos inglesa Feel Unique. Em pesquisa realizada em seus estabelecimentos, 30% das mulheres entrevistadas afirmaram ter mais interesse em comprar produtos de beleza usados por Kate Middleton. A duquesa bateu duas peso-pesados do mundo da moda, a modelo Kate Moss e a it-girl Victoria Beckham.

Leia também:

Kate Middleton revive Marilyn em ‘O Pecado Mora ao Lado’

Não basta usar a mesma maquiagem e cremes de Kate, as mulheres querem também ter nariz igual ao seu. Reportagem recente publicada pelo jornal britânico Daily News mostra que o nariz de Kate é o mais pedido nos consultórios de cirurgia plástica nos EUA. “O formato se tornou tão popular que fizemos um arquivo com fotos de Kate para mostrar às pacientes”, disse ao jornal o cirurgião plástico Stephen T. Greenberg, em março.

Parto real – O bebê real deve nascer em julho. O casal real não revelou qual é o sexo do herdeiro – no entanto, recentemente, Kate deu a entender que é uma menina. Em janeiro, uma mudança feita pela rainha Elizabeth II nas regras de titulação da nobreza também causou especulação de que Kate estaria esperando uma menina — caso o casal tenha uma filha, ela poderá receber o título de princesa.

Apesar de ter assumido o trono logo após a morte de seu pai, George VI, em 6 de fevereiro de 1952, Elizabeth II só foi coroada rainha da Inglaterra mais de um ano depois, em 2 de junho de 1953. Decorre disso o intervalo entre os festejos populares do Jubileu de Diamante, realizados no ano passado, e a cerimônia comemorativa referente à coroação, organizada nesta terça-feira.