Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Justin Bieber é denunciado e vetado na Argentina

Cantor será processado judicialmente por ultraje à bandeira; uma cidade ao norte do país decidiu suspender a divulgação de músicas do canadense

A passagem controversa de Justin Bieber pela Argentina provocou a ira de alguns setores no país. O cantor foi processado judicialmente e está sendo evitado no norte do país, como forma de protesto por seu ultraje ao “varrer” do palco a bandeira argentina.

A prefeitura de Capayán, cidade de aproximadamente 15.000 habitantes, distante 1.100 quilômetros de Buenos Aires, decidiu suspender a divulgação de músicas do cantor canadense na rádio municipal e pediu a outros meios de comunicação que se juntem à ideia. Um comunicado emitido pela Prefeitura de Capayán assinado pelo prefeito, Alfredo Hoffmann, expressou o “repúdio ao artista” por sua atitude frente à bandeira.

“Suspendemos a difusão de qualquer música de Justin Bieber e solicitamos aos diferentes meios que tomem a mesma medida levando em conta o desprezo que ele demonstrou pela pátria”, disse o secretário do governo de Capayán, Miguel Juárez, que assumiu não ser uma proibição, mas sim um protesto.

Leia também:

Na Argentina, Bieber passa mal, suspende show e é expulso de hotel

Vice argentino chama visita de Bieber ao país de ‘tragédia cultural’

Algumas fãs se manifestaram contra a decisão. “Estão atentando contra a liberdade de expressão”, disse Paula “Miki” Vázquez, membro do fã-clube de Justin Bieber na Argentina. Paula afirmou que o cantor tem ordem para tirar tudo o que atiram sobre o palco porque alguém pode tropeçar. Para o secretário de Capayán, no entanto, as desculpas devem ser pedidas pessoalmente.

Como se fosse pouco, um advogado argentino ratificou uma denúncia judicial contra Justin Bieber por ultraje à bandeira do país, delito contemplado no Código Penal argentino com penas de um a quatro anos de prisão.

“A bandeira é muito mais que um pedaço de pano: nos representa e por ela muitos morreram”, comentou o denunciante Jorge Alberto Estrada.

Leia também:

Justiça argentina embarga equipamentos de Justin Bieber

Fãs desistem de shows de Bieber após farra no Brasil

Histórico – A atitude de Bieber com a bandeira difundiu no país uma enxurrada de críticas contra o cantor. Alguns dias depois ele se justificou pelo Twitter. “Ouvi falar sobre o que está acontecendo comigo na Argentina e estou chocado. Eu amo a Argentina e aconteceram lá alguns dos melhores shows da turnê”, escreveu.

O cantor explicou que em todas as suas apresentações pessoas jogam objetos no palco e ele os retira a fim de evitar acidentes. Na ocasião, o cantor disse que pensou se tratar de uma peça íntima.

“Eu nunca faria qualquer coisa para desrespeitar a Argentina, o povo da Argentina ou os fãs. Estou triste com quem viu minhas ações de forma errada. Eu espero que possam me perdoar por esse erro”, declarou.

Além do problema com a bandeira, Bieber também decepcionou o país hermano ao cantar menos de uma hora durante uma das apresentações, antes de abandonar o palco por não se sentir bem. O último e terceiro show no país foi suspenso, sob a alegação de intoxicação alimentar.

(com agência EFE)