Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Justin Bieber acredita que Anne Frank seria sua fã

Cantor passou pelo museu dedicado à jovem em Amsterdã e anotou no livro de visitantes que ela provavelmente seria uma de suas admiradoras

Acostumado com fãs adolescentes pelo mundo, o cantor Justin Bieber tem certeza que seu nome seria citado diversas vezes no diário mais famoso do mundo, o de Anne Frank, se ela tivesse tido a oportunidade de conhecê-lo. Durante uma visita à Casa de Anne Frank, museu em Amsterdã dedicado a garota judia que morreu em um campo de concentração na Segunda Guerra Mundial, Bieber demonstrou todo seu egocentrismo ao deixar uma mensagem no livro de visitantes sugerindo que, se estivesse viva, Anne provavelmente seria sua fã.

Leia também

Leia também – Justin Bieber, coitadinho, diz não ter amigos

Bieber tem mais fãs fantasmas do que reais no Twitter

A fase negra de Justin Bieber

“Foi realmente inspirador pode vir até aqui. Anne era uma garota ótima. Provavelmente ela teria sido uma Belieber”, escreveu o cantor referindo-se às fãs que se denominam “beliebers”. A informação foi divulgada no perfil do Facebook do museu. O comentário de Bieber não foi bem visto pelos admiradores de Anne Frank, que se manifestaram na rede social rechaçando o cantor e pedindo respeito pela história que ela representa.

A jovem alemã de origem judaica Anne Frank passou dois anos escondida com sua família em um anexo secreto de uma casa em Amsterdã durante a Segunda Guerra. Nesse tempo, ela relatou a rotina do esconderijo, os medos e inseguranças das pessoas ao seu redor em um diário que viria a ser tornar um documento histórico. Após serem descobertos pelos nazistas, Anne, seus familiares e amigos foram presos e deportados para um campo de concentração. Nove meses depois ela morreu, aos 15 anos. Suas memórias foram descobertas no local e O Diário de Anne Frank foi publicado pela primeira vez em 1947. O livro é considerado um dos mais importantes do século 20 e já vendeu mais de 30 milhões de cópias pelo mundo.

Leia também

Leia também – Legado de Anne Frank retornará a Frankfurt para ganhar exposição permanente