Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Juramento 202 tem a melhor carta de cervejas de BH

O chope da microcervejaria do bar, a Viela, ocupa a maior parte das torneira

Localizado a 200 metros de sua microcervejaria, a Viela, este bar ocupa um imóvel de esquina dos anos 1930, que no passado abrigou uma oficina de motos. O prédio, diga-se, está maltratado, mas o ambiente é para lá de convidativo. Uma das paredes é de tijolinhos à mostra e outra sustenta placas velhas de ruas e mapas antigos. As regras do lugar estão em frases escritas em uma viga, e uma delas diz respeito à trilha sonora, composta de vinis de nomes como Jorge Ben e Luiz Melodia: “mão na vitrola não rola”. Como o espaço dispõe só de meia dúzia de mesas baixas e altas, ocupadas tão logo as portas se abrem, boa parte da clientela se espalha pela calçada de bom grado. Na maior parte das dez torneiras são engatados os chopes da Viela, o que praticamente esgota a produção mensal da microcervejaria, de 3 500 litros. Dela vale a pena provar o equilibrado session IPA e o ameri- can pale ale, levinho. Dos demais bicos jorram outras artesanais mineiras. Da Mills costuma ser engatado o blonde ale; da São Sebastião, o summer ale. A seleção muda semanalmente, e todos os chopes saem pelo mesmo preço: R$ 5,00 o copo de 280 mililitros e R$ 7,00 o de 350 mililitros. Queijos curados de Medeiros, da Serra da Canastra, pernil e outros defumados (R$ 12,00 cada 100 gramas) ajudam a tapear a fome, assim como os sanduíches feitos com defumados, a seleção de queijos do cardápio mais opções de molhos e conservas no pão de malte ou na baguete (R$ 12,00). Às sextas há ainda pastel de couve-flor com queijo e de carne de sol com jiló (R$ 4,00) e, só aos sábados, pão de queijo com linguiça e batatas chips (R$ 15,00). Rua Juramento, 202, Pompeia. Não tem telefone (28 lugares). 18h/0h (sáb. abre 14h; dom. 13h/20h; fecha seg. e ter.). Aberto em 2017.

2º lugar: Café Viena Beer

3º lugar: Ateliê Wäls

+ CAMPEÕES: Confira os melhores endereços gastronômicos de BH