José Mayer é acusado de assédio sexual por figurinista

Relato descreve cantadas, ofensas e toques impróprios

Por Da redação - Atualizado em 31 mar 2017, 15h55 - Publicado em 31 mar 2017, 10h21

O ator José Mayer foi acusado de assédio sexual por uma figurinista assistente da novela A Lei do Amor, da TV Globo. Susllem Meneguzzi Tonani teve seu relato publicado na madrugada desta sexta-feira no blog #AgoraÉQueSãoElas, do jornal Folha de S. Paulo.

No depoimento, a figurinista se descreve como uma mulher “branca, bonita, alta” que estava realizando seu sonho de trabalhar em uma grande novela. O desconforto com Mayer começou quando o ator fez elogios “simples”, nas palavras de Susllem: “Como você é bonita”, “como sua cintura é fina”, “como você se veste bem”.

Depois, segundo ela, o assédio ficou mais pesado e ele teria dito: “Fico olhando a sua bundinha e imaginando seu peitinho” e “você nunca vai dar para mim?”, e culminou em fevereiro deste ano, quando ele tocou sua genitália, na presença de outras mulheres, que, segundo ela, não ficaram constrangidas e chegaram a rir da situação.

A figurinista, que assina como Su Tonani, relata que tentou resolver a situação com o RH e a ouvidoria da Globo, mas todos tratavam o comportamento como natural, ou “uma brincadeira”.

Publicidade

No início de março, veículos especializados em bastidores da televisão haviam noticiado uma acusação de assédio sexual contra José Mayer, mas na ocasião os textos informavam que a vítima preferia não se identificar.

Em nota, a TV Globo afirmou que “repudia toda e qualquer forma de desrespeito, violência ou preconceito. E zela para que as relações entre funcionários e colaboradores da emissora se deem em um ambiente de harmonia e colaboração, de acordo com o Código de Ética e Conduta do Grupo Globo. Todas as questões são apuradas com rigor, ouvidos todos os envolvidos, em busca da verdade. Desta forma e tendo o respeito como um valor inegociável da empresa, esse assunto foi apurado e as medidas necessárias estão sendo tomadas. A Globo não comenta assuntos internos” .

A figurinista Su Tonani, também procurada por VEJA, não atendeu às ligações.

 

Publicidade