Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Jornalista acusa Kevin Spacey de abusar de seu filho

Garçom britânico também se somou ao coro de vítimas do ator nesta quarta-feira

A jornalista Heather Unruh engrossou as acusações de assédio sexual a Kevin Spacey nesta quarta-feira. Visivelmente abalada, a ex-âncora de televisão afirmou em coletiva de imprensa que o ator embebedou e abusou sexualmente do filho dela de 18 anos, em julho de 2016.

O episódio teria ocorrido na ilha de Nantucket, em Massachusetts. O ator teria comprado bebida alcoólica para o jovem, que alegou ser maior de 21 anos. “Ele era um grande entusiasta de celebridades, e não tinha nenhuma ideia de que o grande ator era um predador sexual, ou de que ele seria sua próxima vítima. Mesmo que ele tenha mentido sua idade, isso não justifica o comportamento de Spacey. Não houve consentimento”, declarou Heather.

Quando o garoto já estava embriagado, o ator teria apalpado sua genitália por dentro da calça. Surpreso, o filho de Heather congelou. “Por sorte, Kevin saiu para ir ao banheiro, uma mulher se aproximou e perguntou se estava tudo bem.” O menino, então, correu para a casa da avó, onde estava hospedado com a irmã. Em seguida, eles ligaram desesperados para a mãe.

A jornalista ainda explicou que o menino não denunciou o ator antes por medo da exposição, mas diante das acusações de que Spacey e outros grandes nomes de Hollywood vêm sendo alvo, a família acredita que agora seria a hora certa de levar o caso a público.

Mais um

Nesta quarta-feira, outra suposta vítima de Kevin Spacey também se manifestou. O garçom Kris Nixon contou à BBC que há dez anos, durante uma festa do Old Vic Theater, o ator — que, na época, era diretor criativo da casa de espetáculos — se sentou ao lado do rapaz, perguntando se a moça que estava junto com ele era sua namorada. Spacey, então, teria começado a molestá-lo, afirmando: “Posso te f**** melhor que ela”. O garçom deixou a festa em seguida.

Algumas semanas depois, no entanto, Spacey apareceu no bar onde ele trabalhava com outras propostas, prometendo “compensar” pela noite da festa. “Ele avançou, pegou meu cinto e disse algo do tipo ‘me deixa compensar para você'”, lembrou Nixon, que empurrou o ator.