Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Johnny Depp faz piada com assassinato de Trump em festival

'Qual foi a última vez que um ator assassinou o presidente?', perguntou ao público de um festival na Inglaterra

Por Da redação - 23 jun 2017, 11h19

O ator Johnny Depp se uniu à corrente de humor negro que se opõe de forma pesada a Donald Trump. Ao participar nesta quinta-feira de uma exibição especial do seu filme O Libertino, de 2004, no festival britânico de Glastonbury, Depp discursou para o público presente e aproveitou a oportunidade para fazer uma piadinha macabra com o presidente americano. “Qual foi a última vez que um ator assassinou o presidente?”, disse.

O assunto começou quando Depp perguntou à plateia, “Podemos trazer Trump aqui?”, questão respondida com risos e vaias. Questionado se o presidente precisaria de reabilitação, Depp disse achar que “ele precisa de ajuda”.

O público também se dividiu entre risos e vaias quando Depp falou em assassinato. Na sequência, o astro de Piratas do Caribe se colocou de fora do plano. “Eu quero esclarecer que eu não sou um ator, eu minto para viver.”

Depp é um grande crítico do governo de Donald Trump e, no ano passado, já havia participado de uma esquete na TV satirizando o presidente.

Publicidade

 

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade