Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Joaquin Phoenix vai à estréia do seu documentário

Público se surpreendeu com a postura do ator, limpo e barbeado

Barbeado, limpo e vestindo um terno bem cortado. Para a surpresa de todos, foi assim que o ator (?) Joaquin Phoenix apareceu ontem na estréia do seu filme I’m still here – The lost year of Joaquin Phoenix, no Festival de Veneza, na Itália. Phoenix se recusou, no entanto, a andar o tapete vermelho. O visual é completamente estranho ao modo com ele vinha se apresentando até então: largado e sujo.

I’m stil here, um misto de documentário e farsa, deixou a platéia intrigada. A reação foi mais contida que durante a exibição o Festival de Cannes, na França, em que o público vaiou a fita e muitos deixaram a sala.

Phoenix vem causando estranheza em Hollywood desde que anunciou a aposentadoria, em 2008, após contracenar com Gywneth Paltrow, no filme Os Amantes. Segundo o ator, ele se dedicaria dali em diante à carreira de rapper e a saga no novo empreendimento artístico seria filmada pelo seu cunhado, o também ator Casey Affleck. Affleck disse, em Veneza, que “estava muito surpreso com as reações das pessoas e que elas têm a liberdade de questionar até que ponto é real” o seu trabalho com Phoenix. O documentário consumiu dois anos de produção e o valor não foi divulgado.

O filme tem cenas de consumo de cocaína e nudez e mostra Phoenix fracassando irrestritamente na tentativa de tornar-se um rapper. O ator foi indicado ao Oscar de Melhor Ator em 2005, pela atuação no filme Johnny e June.