Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Jesus’: classificação indicativa vai a 12 anos por ‘sexo’ e ‘violência’

Novela bíblica da Record vinha sendo exibida com o aviso de 'não recomendada para menores de 10 anos'

O Ministério da Justiça decidiu reclassificar a novela bíblica Jesus, da Record, como não recomendada para menores de 12 anos. A decisão foi publicada nesta quarta-feira no Diário Oficial da União.

A trama vinha sendo exibida desde a estreia com o aviso de “não recomendado para menores de 10 anos”, como proposto pela emissora em requerimento de autoclassificação. Porém, o ministério, que avalia os pedidos dos canais e aprova ou não a autoclassificação proposta, constatou “tendências como apelo sexual, consumo de droga lícita, presença de arma com violência, morte intencional, ato violento, pena de morte, presença de sangue e crueldade”.

O ministério afirma que notificou a Record sobre a necessidade de ajustes na novela, mas que as mudanças feitas pela emissora “não foram suficientes” para sustentar a classificação de 10 anos. A pasta decidiu que, “por conter violência, drogas e sexo”, o folhetim deve levar a classificação de 12 anos e deu ao canal o prazo de cinco dias para adotar a nova indicação.

Procurada, a Record afirmou que ainda não tem posicionamento sobre o assunto.