Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Jair Oliveira, sobre o pai: tinha a “alegria de um anjo”

Filho de Jair Rodrigues posta foto ao lado do pai nas redes sociais

Os filhos do cantor Jair Rodrigues, Luciana Mello e Jair Oliveira, se pronunciaram em seus respectivos perfis nas redes sociais a respeito da morte do pai, na manhã desta quinta-feira.

Jair Oliveira publicou no Facebook e no Twitter a foto de um show que fez ao lado do pai e se disse emocionado. “Um amor gigantesco! Tive a honra de conviver e aprender com a alegria de um anjo! Estamos todos muito emocionados e tentando entender este momento e agradecemos todo o carinho prestado. E muito obrigado, meu pai, por toda sua luz! Descanse em paz”, escreveu o músico.

“Quero agradecer, de coração, o imenso carinho que estamos recebendo! Em breve falaremos com todos. Só pedimos que respeitem nossa privacidade nesse momento tão difícil e sofrido. Muito obrigada!”, escreveu Luciana em sua página no Facebook.

Leia mais:

Amigos e personalidades lamentam morte de Jair Rodrigues

Jair Rodrigues morreu nesta quinta-feira aos 75 anos em sua casa em Cotia, na região metropolitana de São Paulo. Segundo exame preliminar do Instituto Médico Legal (IML) a causa da morte foi um infarto agudo no miocárdio.

Publicação by Luciana Mello. Publicação by Jair Oliveira.

‘Deixa Isso pra Lá’

Jair Rodrigues ficou famoso com a música Deixa Isso pra Lá na década de 1960. Composição de Alberto Paz e Edson Menezes, música foi considerada precursora do rap brasileiro por causa do refrão falado

‘Disparada’

Composta por Geraldo Vandré e Théo de Barros, a canção foi interpretada por Jair Rodrigues no II Festival de Música Popular Brasileira da TV Record, em 1966. O cantor conquistou o primeiro lugar, mas o dividiu com A Banda, de Chico Buarque, interpretada por Nara Leão

‘Tristeza’

A música Tristeza, composta por Niltinho e Haroldo Lobo, foi marcante na carreira de Jair Rodrigues e se tornou destaque no carnaval de 1966 

‘O Morro Não Tem Vez’

A parceria de Jair Rodrigues com Elis Regina rendeu três discos e um programa de televisão, além de uma carreira internacional. No vídeo, a dupla canta O Morro Não Tem Vez no Cassino Estoril, em Portugal

‘A Majestade, o Sabiá’

Interpretada por diversos cantores, A Majestade, o Sabiá, de Roberta Miranda, ganhou o tempero e a alegria de Jair Rodrigues nesta versão ao lado da dupla Chitãozinho e Xororó

No Rancho Fundo

Em uma de suas últimas apresentações, no início de abril de 2014, Jair Rodrigues subiu ao palco com os filhos Jair Oliveira e Luciana Mello para entoar a canção sertaneja No Rancho Fundo