Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Irreverente, Ultraje a Rigor faz protesto com humor no Rock in Rio

Banda se apresentou ao lado de Erasmo Carlos na tarde deste sábado

Com uma camiseta com a frase: “A gente não sabemos escolher presidente. Inútil”, o cantor Roger Moreira, do Ultraje a Rigor, embalou uma festa de hits e protesto político no Palco Sunset, no fim da tarde desta sábado no Rock in Rio. A banda se apresentou ao lado de Erasmo Carlos, que manteve a animação do alto de seus 74 anos, mas deixou a desejar no quesito voz, que já não apresenta o mesmo vigor do passado.

Leia também:

Funk promete invadir Rock in Rio com Valesca e Mr. Catra

Valor de ingressos do Rock in Rio despenca na internet e na mão de cambistas

Cara Delevingne chega ao Brasil para ver o Rock in Rio

O show foi recheado de sucessos dos anos 1980. Terror dos Namorados e Minha Fama de Mau abriram a participação do grupo no festival, seguidas da clássica Inútil. “Essa vai para o pessoal que tá fazendo a gente pagar a conta. Os caras c***, a gente paga”, disse o vocalista antes de entoar a faixa FDP.

Após a animada introdução, Roger imitou o rei Roberto Carlos, ao microfone: “Com vocês, o meu amigo Erasmo Carlos”, disse. O Tremendão foi recebido com gritos e aplausos. “Viva vocês aí, viva nós aqui, viva todo mundo!”, disse em seguida o cantor.

A setlist com a dupla, que realizou um encontro de duas gerações do rock nacional, contou com faixas como Ciúme, Festa de Arromba e Nós Vamos Invadir Sua Praia, hino do Ultraje.