Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ingressos para Dismaland, de Banksy, são vendidos a mais de R$ 5.600

Ofertas para o parque que satiriza a Disneylândia são feitas em sites como eBay e StabHub

Ingressos para o parque Dismaland, criado por Banksy no litoral da Inglaterra, estão sendo vendidos por até 1.000 libras (ou cerca de 5.600 reais) na internet, no site de leilões eBay. Na página, apareceram ofertas de entradas para o “parque familiar para anarquistas principiantes”, uma versão satírica de Disneylândia, com preços que começam em 30 libras (aproximadamente 170 reais). Na página StabHub, um site de compra e venda de entradas para eventos esportivos e de entretenimento, foram postos à venda bilhetes, que na porta valem apenas três libras (16 reais), por algo como 40 libras (225 reais), em média.

Leia também:

Parque temático de Banksy abre nesta sexta na Inglaterra

Banksy tem obra vandalizada em sua cidade nata

Muro com grafite de Banksy é vendido e será removido

O elevado número de ingressos revendidos na internet levou o parque, criado em um recinto que estava abandonado fazia quinze anos, a pedir a identificação dos visitantes em sua chegada e também que comprem os passes no site oficial, em que os ingressos para os próximos sete dias, período abarcado pela bilheteria, já estão esgotados. Segundo um porta-voz de Bansky, o site de Dismaland recebeu mais de seis milhões de visitas na sexta-feira.

O artista criou um “parque temático não recomendável para crianças”, onde reuniu obras de outros 58 artistas contemporâneos, entre eles o também britânico Damien Hirst e a americana Jenny Holzer. Ao chegar em Dismaland, os visitantes encontram um castelo em ruínas, furgões da polícia, barcas carregadas de refugiados e feiras em que não se ganha prêmio algum.

Dismaland programou diversos espetáculos musicais nas próximas semanas, entre eles um show dos grupos Massive Attack, Pussy Riot e Kate Tempest, em 25 de setembro.

(Com agência EFE)