Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Indisposição leva Bibi Ferreira a cancelar apresentação em SP

A atriz Bibi Ferreira, de 93 anos, cancelou na noite desta terça-feira o show que faria no Theatro Net, no shopping Vila Olímpia, São Paulo. Na apresentação, Bibi cantaria o repertório de Frank Sinatra. O motivo do cancelamento foi uma indisposição.

LEIA TAMBÉM:

Após 38 anos, Bibi Ferreira e Marília Pêra se reúnem no teatro

Augusto Nunes: Bibi Ferreira, a estrela mais aplaudida da história do ‘Roda Viva’

Segundo seu empresário, Nilson Raman, Bibi se sentiu mal durante a tarde. “Ela estava um pouco zonza, mas não era nada grave”, disse Raman que, por precaução, decidiu adiar a reestreia da cantora. “Bibi perdeu o equilíbrio no palco certa vez, portanto, na idade dela, não podemos arriscar.” Não houve confusão na porta do teatro e muitas pessoas que pretendiam assistir ao show desta terça trocaram ingresso para a apresentação marcada para a noite desta quarta.

O repertório do show traz os principais sucessos de Frank Sinatra, entre eles Night and Day (Cole Porter), Dindi (Tom Jobim) e Fly me to the Moon (Kaye Ballard). A preferida de Bibi é That’s Life: “I’ve been a puppet, a pauper, a pirate, a poet, a pawn and a king”. “Além de a letra ser linda”, disse ela ao Estadão, “essa música permite que eu module a minha voz de muitas maneiras.” Rápida, Bibi também apontou que Strangers in The Night é a que menos gosta. Tanto que a canção é apresentada apenas pela orquestra, no início do show. “Essa eu não gosto da melodia, nem da letra. Talvez por ter ouvido demais, saturar. E Sinatra também não gostava dela”, defende.

O show é acompanhado por 18 músicos sob a batuta do maestro Flávio Mendes. O roteiro foi montado e assinado por seis mãos, incluindo o empresário da cantora Nilson Raman. “Nós narramos a vida de Sinatra cronologicamente e trazemos algumas histórias curiosas, que são sempre pontuadas pelas canções”, explica ele. E uma delas, Rock around the Clock, curiosamente, não está no repertório do cantor, e é conhecida na voz de Bill Haley (1925-1981). “Foi um período de transição no qual o rock fazia muito sucesso. Conta-se que Sinatra, cansado da popularidade da música, quebrou o rádio do carro.

Aos 93 anos e prestes a completar 74 de carreira, Abigail Izquierdo Ferreira, filha do ator Procópio Ferreira e da bailarina Aída Izquierdo já cantou nomes como Edith Piaf (em temporada durante mais de 25 anos), Amália Rodrigues e Carlos Gardel, além de ter se apresentado em seus respectivos países de origem – França, Portugal e Argentina. Após a temporada em São Paulo, Bibi embarca em uma estreia, desafiadora, ou mesmo “um desaforo”, como ela mesma se diverte ao definir. A cantora voltará a Nova York depois do show Bibi n Concert. “Escute só, cantar Sinatra na terra de Sinatra vai ser um desaforo. Um ‘challenge’ (desafio)!”

(Com Estadão Conteúdo)