Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

IMPERDÍVEL: Mostra reúne fotos de Robert Capa, Gerda Taro e Chim

'A Valise Mexicana' traz o trabalho dos três fotógrafos que estabeleceram as bases da moderna fotografia de guerra no século 20

Por Da redação - 6 ago 2016, 06h15

Três caixas com 4.500 negativos da Guerra Civil Espanhola foram encontradas na Cidade do México, em 2007, e enviadas ao Centro Internacional de Fotografia de Nova York (ICP) no mesmo ano. Dentro delas, estava um dos mais valiosos tesouros históricos e fotográficos do século XX: 126 rolos de filmes com imagens inéditas registradas entre 1936 e 1939 por três dos maiores fotógrafos de guerra, Robert Capa, Gerda Taro e David Seymour, conhecido como Chim. Parte desse acervo está em exibição na exposição A Valise Mexicana, na Caixa Cultural São Paulo, após passar por Estados Unidos, Espanha, França, México e Hungria.

O americano de origem húngara Robert Capa (1913-1954), a alemã Gerda Taro (1910-1937) e o polonês David Chim (1911-1956) foram três imigrantes que se tornaram amigos ao viverem na Paris dos anos 1930. A exposição segue a ordem cronológica do registro das imagens e está dividida em três partes: a primeira dedicada a Chim, a segunda às fotografias de Taro e a última com a obra de Capa. O trio estabeleceu as bases da moderna fotografia de guerra no século XX – com Chim documentando a vida cotidiana de soldados e camponeses das regiões arrasadas pela guerra e Capa e Taro fotografando os conflitos ao irem, eles mesmos, para o front.

A mostra pode ser conferida até 2 de outubro, de terça-feira a domingo, das 9 às 19 horas, na Caixa Cultural São Paulo (Praça da Sé, 111, São Paulo). A entrada é gratuita.

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade