Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Imagem misteriosa é descoberta em pintura de Picasso

Retrato de um homem foi revelado ao fundo da obra 'A Sala Azul', produzida pelo espanhol em 1901

Cientistas e especialistas de arte descobriram o retrato de um homem escondido em uma das primeiras obras do pintor espanhol Pablo Picasso, O Quarto Azul, de 1901. A imagem fundida na tela, que retrata uma mulher se banhando em um quarto, mostra um senhor barbudo vestindo o que aparenta ser um smoking, com anéis nos dedos e o rosto apoiado em sua mão direita.

Desde 1954, críticos de arte suspeitavam da existência de algo por trás do quadro, pelo fato de haver algumas pinceladas diferentes que destoam do restante da obra. No entanto, apenas em 2008, com o auxílio de um equipamento de raio-X, foi possível notar que existia uma imagem dentro da pintura. De lá para cá, especialistas e cientistas trabalharam em conjunto para deixar a imagem misteriosa ainda mais clara com o uso de tecnologia de raios infravermelhos.

Leia também:

Picasso é leiloado por US$ 31 mi, o dobro do esperado

Por R$ 320, americano leva Picasso de R$ 2 mi em sorteio

Não se sabe, no entanto, quem é a pessoa representada no retrato escondido. Estudiosos acreditam que pode se tratar tanto de um autorretrato, como também de uma imagem do comprador de arte francês Ambrose Villard, que sediou a primeira mostra de Picasso, em 1901.

A Sala Azul pertence à Coleção Phillips, de Washington, nos Estados Unidos, e faz parte da chamada “fase azul” de Picasso, quando o pintor trabalhava em Paris e usava temas melancólicos em suas obras.

Obra 'Quarto Azul' de Pablo Picasso Obra ‘Quarto Azul’ de Pablo Picasso

Obra ‘Quarto Azul’ de Pablo Picasso (/)