Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Hospital demite funcionário que divulgou vídeo de Fábio Assunção

Ator, que foi preso em flagrante no último sábado, aparece nas imagens brigando com médicos e funcionários

Por Da Redação - Atualizado em 28 jun 2017, 15h11 - Publicado em 28 jun 2017, 11h10

O Hospital Memorial Arcoverde, localizado no sertão do Pernambuco, afirmou em nota que afastou o funcionário que postou um vídeo de Fábio Assunção brigando com médicos e enfermeiros no local. A passagem do ator aconteceu antes da prisão feita em flagrante, no último sábado. Assunção é acusado de desacato a autoridade, resistência e dano a patrimônio público.

Na nota, a instituição afirma que não deu nenhum consentimento para o funcionário realizar o vídeo. O Hospital ainda ressalta que a ação “feriu o código de ética, a imagem da instituição e a do referido ator”. A declaração vem depois de diversos artistas apoiarem Assunção, como Ivete SangaloGlória Perez e Leandro Hassum. 

O ator estava na cidade para divulgar o documentário Samba de Coco gravado ao lado da namorada, Pally Siqueira, exibido na sexta-feira na abertura oficial do São João. Depois do incidente, Fábio postou uma nota no seu Facebook, afirmando que não havia usado nenhum tipo de droga ilícita.

Nota de esclarecimento divulgada pelo Hospital Memorial Arcoverde

Nota de esclarecimento divulgada pelo Hospital Memorial Arcoverde Reprodução/Facebook

 

Publicidade