Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Grupo brasileiro participará de festival em homenagem a Shakespeare em Londres

A companhia mineira Galpão apresentará montagem de 'Romeu e Julieta' transportada para a cultura popular brasileira

O grupo Galpão, de Belo Horizonte, participará de um festival poliglota — e sem precedentes — em homenagem à obra de William Shakespeare, em Londres, em 2012. A companhia mineira apresentará uma montagem de Romeu e Julieta transportada para a cultura popular brasileira. O evento, que acontecerá no Globe Theatre, faz parte do calendário pré-olímpico da cidade.

O evento contará com 37 grupos internacionais e terá duração de seis semanas. Os grupos apresentarão as obras em suas respectivas línguas, que vão do maori ao inglês, passando pelo espanhol, português, cantonês, iorubá e a linguagem dos deficientes auditivos. Há até mesmo obras com o ritmo do hip hop.

A maratona teatral, que incluirá toda a obra de Shakespeare, começará em 23 de abril, dia do aniversário de nascimento do bardo, com Troilus e Créssida em maori, que será precedido por um haka que, segundo o diretor artístico do Globe, Dominic Dromgoole, “faz com que os All Blacks (seleção de rúgbi da Nova Zelândia) se pareçam com um punhado de dançarinos de salão”.

O festival, batizado de Globe to Globe, terá ainda obras como Cimbelino, interpretada em árabe por um grupo do Sudão do Sul, o país mais jovem do mundo, e uma trilogia balcânica de Henrique VI, sobre a primeira grande guerra civil inglesa, apresentada por grupos da Sérvia, Macedônia e Albânia.

A companhia israelense Habima apresentará O Mercador de Veneza; e a palestina Ahstar Theater, sua versão de Ricardo III, enquanto a Roy-e-Sabs deixará Cabul pela primeira vez para mostrar A Comédia dos Erros.

Todas as obras serão representadas sem legendas no Shakespeare Globe Theater, com capacidade para 1.500 espectadores, mas os organizadores esperam atrair um público numeroso graças à qualidade das companhias participantes e dos preços populares (a partir de 5 libras ou 7,7 dólares por sessão).

O festival integrará o projeto Olimpíada Cultural.

(Com agência France-Presse)