Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Greta Gerwig é a quinta mulher indicada ao Oscar de direção

A americana concorre ao prêmio por seu trabalho em 'Lady Bird: É Hora de Voar'

Greta Gerwig entrou para a história do Oscar nesta terça-feira 23 como a quinta mulher a concorrer ao prêmio de melhor direção. A americana foi indicada à categoria pelo filme Lady Bird: É Hora de Voar, e também está no páreo para a estatueta de melhor roteiro original.

Antes de Greta, apenas um seleto grupo de mulheres disputou o prêmio: Lina Wertmuller (Pasqualino Sete Belezas, 1975), Jane Campion (O Piano, 1993), Sofia Coppola (Encontros e Desencontros, 2003) e Kathryn Bigelow (Guerra ao Terror, 2010). Das quatro, apenas Bingelow levou a estatueta para casa.

Outras diretoras que ganharam destaque no cinema em 2017, como Patty Jenkins (Mulher-Maravilha) e Dee Rees (Mudbound – Lágrimas sobre o Mississipi), seguiram ignoradas pela premiação.

A indicação ao Oscar vem para tirar Gerwig do limbo em que ela foi jogada pelo Globo de Ouro. Apesar de Lady Bird ter vencido o prêmio de sua categoria, de melhor filme de comédia, Greta não recebeu nenhuma indicação ao prêmio da Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood — tampouco qualquer outra diretora, como ressaltou Natalie Portman ao anunciar os “todos homens” indicados à categoria.

Lady Bird concorre a outras três categorias no Oscar: melhor atriz, para Saoirse Ronan; atriz coadjuvante, para Laurie Metcalf, e melhor filme.