Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Gravações raras de Bob Dylan são encontradas em NY

Duas caixas com 149 discos estavam atrás de um armário em um apartamento usado pelo cantor folk na década de 1960

Foram encontrados 149 discos com gravações raras do cantor Bob Dylan em um apartamento que era usado como estúdio por ele na década de 1960 na cidade Nova York, nos Estados Unidos. De acordo o site do jornal Daily News, os áudios incluem ensaios e demos dos álbuns Nashville Skyline, Self Portrait e New Morning, lançados entre 1969 e 1970, além de covers das músicas Ring of Fire e Folsom Prison Blues, de Johnny Cash.

O responsável pela descoberta foi o irmão da dona do imóvel, morta recentemente e que alugou a residência para Dylan na década de 1960. O atual proprietário encontrou as raridades dentro de duas caixas na parte de trás de um armário em março deste ano e ligou para Jeff Gold, produtor, historiador musical e especialista em Bob Dylan, que imediatamente comprou o acervo por um valor não revelado.

Leia também:

Manuscrito de ‘Like a Rolling Stone’, de Bob Dylan, será leiloado

Quadro de Bob Dylan em mostra chega a quase R$ 1 milhão

Gold conta que as canções estão registradas em discos de acetato – material frágil, que não pode ser executado inúmeras vezes -, e eram usados por Dylan para apresentar material novo para seu ex-produtor Bob Johnston, que vivia em Nashville. Procurado por Gold, Johnston confirmou a troca de correspondência com o músico no passado e a autenticidade do material. “Isto não tem precedentes. A sonoridade é inacreditavelmente ótima”, disse à publicação. O produtor afirma que as canções encontradas nunca foram ouvidas pelo público e que pretende colocar algumas à venda na internet. O material físico, com as faixas mais raras, pode alcançar o valor de 7.000 dólares. Ele garante, no entanto, que pretende ficar com a maioria delas.