Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Governo indiano proíbe anúncios de desodorantes em nome da ‘decência’

O governo indiano proibiu a exibição de anúncios de TV de desodorantes por violar as leis destinadas a garantir a decência. Em uma carta ao Conselho Regulador de Publicidade da Índia (ASCI, na sigla em inglês), o Ministério de Informação solicitou a adoção de medidas contra as empresas que fazem esse tipo de anúncio, em que as mulheres seria vistas como “objetos de desejo”.

O organismo governamental identificou cinco anúncios de desodorante que a seu entender violam as leis pertinentes do Código de Publicidade de 1994. “A representação das mulheres nestes anúncios é abertamente sexual e estão destinadas a despertar os instintos libidinosos dos homens”, assinalou o Ministério em uma nota.

“Estes anúncios são indecentes, vulgares e sugestivos e, portanto, violam as disposições do artigo 7 do Código de Publicidade”, disse um funcionário governamental.

O secretário-geral do ASCI, Alan Collaco, confirmou em comunicado que haviam recebido a notificação e especificou que estudam o caso seriamente.

(Com agência EFE)