Clique e assine a partir de 9,90/mês

Gisele Bündchen é criticada como mãe nos EUA

A top virou alvo de comentários na TV americana por ter furado as orelhas da filha Vivian Lake, de 7 meses. Americanos acham cedo demais

Por Da Redação - 1 ago 2013, 20h58

Gisele Bündchen queria apenas brindar os fãs com uma foto em que aparece em momento íntimo com a filha caçula, Vivian Lake, de 7 meses, mas a imagem postada no Instagram tornou a top alvo de críticas por sua postura como mãe.

Leia também:

Gisele Bündchen voltará a desfilar na SPFW

Gisele Bündchen exibe boa forma em foto íntima

Continua após a publicidade

Prestes a se tornar 1ª top bilionária, Gisele fecha com H&M

A controvérsia foi causada pela orelha furada da menina. O pequeno par de brincos de Vivian foi tema de discussão no programa da TV americana Good Morning America em que mulheres acusaram Gisele de alimentar a própria vaidade ao furar tão cedo as orelhas da filha.

O debate foi parar na página da modelo no Instagram e virou exemplo de choque cultural. Fãs brasileiras defenderam a atitude de Gisele e disseram ser normal no Brasil e em outros países da América Latina furar orelhas de meninas ainda bebês. Muitas disseram ter colocado brincos já nas primeiras semanas de vida.

Não é a primeira vez que Gisele é criticada pelas posições que toma como mãe. Em 2010, quando ainda dava de mamar a Benjamin, o primeiro filho, a modelo sugeriu em entrevista que a amamentação fosse obrigatória por lei. O suficiente para uma saraivada de críticas de americanos, para quem Gisele é mais linda que sábia.

Publicidade