Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Funeral de Chris Lighty reúne estrelas do hip-hop em NY

Os motivos que levaram Lighty a se matar são ocultos, mas poderiam ser desde uma dívida de 5 milhões de dólares com a receita federal até problemas com sua esposa, que havia pedido o divórcio no ano passado

Várias estrelas do mundo do hip-hop se reuniram nesta quarta-feira em Nova York para se despedir de Chris Lighty, lendário empresário que se suicidou na semana passada no bairro do Bronx. Diddy, 50 Cent, LL Cool J, Q-Tip, Russell Simmons e Mary J. Blige foram alguns dos que compareceram ao funeral em Manhattan para dar o último adeus a Lighty.

Outras estrelas como Wyclef Jean, Busta Rhymes, Lauryn Hill, Missy Elliott e Lyor Cohen também prestaram condolências à família do empresário que ajudou a divulgar o gênero musical nascido no final da década de 1960 nas ruas de NY.

Os restos mortais de Lighty foram levados ao cemitério George Washington Memorial Park, no estado de Nova Jersey, onde foram enterrados na presença de seus familiares e amigos. O corpo de Lighty foi encontrado no dia 30 de agosto com um tiro na cabeça, dentro de seu apartamento do bairro do Bronx, em um caso que foi registrado como suicídio.

Os motivos que levaram Lighty a se matar são ocultos, mas poderiam ser desde uma dívida de 5 milhões de dólares com a receita federal até problemas com sua esposa, que havia pedido o divórcio no ano passado, segundo o jornal Daily News.

“Eu fiz meu MBA no inferno”, disse o conhecido empresário musical em 2007, ano em que sua companhia anunciou que seus artistas haviam vendido 80 milhões de discos ao todo.

(Com agência EFE)