Clique e assine a partir de 9,90/mês

Flagramos uma sujeirinha no fogão do ‘Masterchef Profissionais’

Nova cria do fenômeno 'MasterChef Brasil' começa dia 4 de outubro com 14 participantes e 11 episódios

Por Rafael Aloi - Atualizado em 27 Sep 2016, 15h30 - Publicado em 27 Sep 2016, 13h21

Segundo derivado do MasterChef Brasil, o maior acerto da Band nos últimos anos, o MasterChef Profissionais, que começa na próxima terça-feira, 4 de outubro, foi apresentado na manhã desta terça à imprensa na sede da emissora, em São Paulo. E lá a reportagem do site de VEJA flagrou uma sujeirinha no fogão da competição, que ainda não havia sido usado para gravações hoje — as filmagens do programa, que não é transmitido ao vivo, serão retomadas  na parte da tarde. Gotas de algo que parecia geleia, ou uma das mil reduções que os participantes adoram fazer, estavam bem visíveis masterchef_fogaona boca do eletrodoméstico enquanto outras exigiam uma esfregadinha para tirar as cracas de queimado e voltar a brilhar. O saleiro e o pimenteiro em cima da bancada também estavam lustrados de gordura. Não se pode negar que a cozinha é utilizada de verdade no reality show.

Nova cria do fenômeno MasterChef Brasil, que já teve uma versão infantil, o MasterChef Profissionais terá 14 participantes com perfis e idades que variam de 25 a 54 anos, mas com um detalhe em comum a todos: a experiência em restaurantes ou projetos gastronômicos. No mesmo horário do original, o programa promete provas mais difíceis e longas (com até quatro horas de duração) espalhadas por onze episódios.

Como os concorrentes já não são amadores, a maior parte dos desafios envolve serviços de restaurantes. Nessas provas, os jurados coordenam as comandas com os pedidos e a saída dos pratos para os convidados. “Não seremos carrascos. Mas com certeza queremos ver o melhor deles, um trabalho profissional”, afirma Henrique Fogaça. “Mas o choro emociona mesmo sendo do amador ou do profissional”, diz Paolla Carosella.

LEIA TAMBÉM:
Ana Paula Padrão: ‘Jurados do MasterChef são bons personagens’
Band abre inscrições para primeiro ‘Masterchef Profissional’

Uma das novidades da edição é o cenário. O mercado está visivelmente menor, e algumas geladeiras foram realocadas para a área principal da competição, tudo para dar espaço a um vestiário que conta com armários com o nome de cada um dos participantes com o respectivo dólmã dentro, e espelhos falsos no estilo BBB. “Todo episódio começa e termina no vestiário. Como as câmeras ali não estão visíveis, alguns soltam frases mais espontâneas naquele ambiente”, adianta Ana Paula Padrão. “Num restaurante de verdade, o vestiário é onde os cozinheiros conversam, xingam o outro, fumam escondido, choram, e até socam a porta de raiva, é um local muito importante”, completa Erick Jacquin.

Continua após a publicidade

As bancadas agora serão individuais, o que diminui a área de trabalho de cada competidor, exigindo maior organização e controle durante as provas.

A gravações do reality já estão adiantadas, com seis de 11 episódios gravados. A produção do programa ainda não revelou se nesta edição vai ocorrer repescagem ou mais de uma eliminação por dia, apenas que a dinâmica do jogo continua similar com duas provas por semana.

Os prêmios também mudaram um pouco. Como ninguém é amador, o vencedor desta vez não será agraciado com um curso de culinária no exterior, e sairá no final da competição com 170.000 reais, um carro zero e o troféu do MasterChef Profissional.

Publicidade