Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Filme com Miley Cyrus e Demi Moore é fiasco em bilheteria

O novo filme da ex-estrela Disney Miley Cyrus, Lola, que é coestrelado pela veterana Demi Moore, arrecadou apenas 46.500 dólares em seu fim de semana de estreia nos Estados Unidos. O resultado é próximo ao alcançado por Os Vingadores em cada uma das salas em que foi exibido. O desempenho foi tão pífio que Miley foi ao Twitter justificar sua participação no projeto e agradecer aos que pagaram para vê-la. “Obrigada por todos os que foram ver Lola. Foi um filme que gostei muito de fazer e que me deixou orgulhosa. Isso é o que realmente importa”, escreveu Miley em seu microblog.

Lola, uma comédia romântica adolescente com Miley no papel de estudante confusa com seus sentimentos, foi exibida em 105 salas. Em média, cada uma faturou 440 dólares, o valor mais baixo entre os filmes atualmente em cartaz. Os Vingadores, que estreou em 4.349 salas de exibição, recolheu 207,3 milhões de dólares — a maior arrecadação para um filme nos Estados Unidos em seu primeiro fim de semana –, uma média de 46.100 dólares por sala.

O filme da diretora francesa Lisa Azuelos — na verdade uma versão do longa original dirigido por ela mesma — também conta com a participação de Demi Moore e Ashley Greene, da saga Crepúsculo. No entanto, apesar dos nomes conhecidos, não teve o apoio da distribuidora Lionsgate, que mal investiu em material publicitário para divulgar a estreia do filme. A película não teve pré-estreia, Miley não deu entrevistas para os grandes meios de comunicação e o longa nem sequer foi exibido aos críticos, segundo diversos jornais. Só algumas mensagens foram publicadas em sites dedicados à atriz, como mileycyrusworld.org ou mileyraycyrus.org, que pediam para as pessoas irem aos cinemas para ajudar na arrecadação do filme.

Os críticos de cinema consideravam que Lola marcaria a maturidade artística de Miley — famosa entre adolescentes após a atuação em Hannah Montana — e a confirmação de seu poder de atrair bilheteria, após os bons resultados de A Última Canção (2010). Seu próximo filme será a comédia So Undercover, em que dividirá cenas com Joshua Bowman e Jeremy Piven. O longa chegará aos cinemas no final de junho.

(Com agência EFE)