Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Filhos de Michael Jackson não culpam Conrad Murray

Crianças dizem que o cantor considerava o médico 'o melhor do mundo'

Os filhos de Michael Jackson se recusam a acreditar que o pai tenha morrido por culpa do médico Conrad Murray. Segundo as crianças, o cantor costumava dizer que o cardiologista era “o melhor profissional do mundo”, revelou o site de celebridades americano TMZ.

A babá dos herdeiros do rei do pop – Prince, Paris e Blanket, de 13, 12 e 8 anos -, Grace Rwaramba, disse aos investigadores que o médico era presença constante na mansão do astro, em Los Angeles, onde ia pelo menos duas vezes por semana. Grace ainda contou que Michael teria conhecido Murray por meio de um de seus seguranças e que ele teria “um certo poder de cura misterioso”, sobre o qual disse não ter muito o que declarar.

O cardiologista é acusado de homicídio culposo – sem intenção de matar – por ter administrado um coquetel letal de analgésicos e anestésicos a Michael Jackson horas antes de sua morte, em 25 de junho de 2009. Ele estava no quarto do cantor quando ele sofreu uma parada cardíaca em função da overdose de medicamentos, entre eles o propofol – potente anestésico que só pode ser administrado em cirurgias por anestesistas. Se condenado, a pena de Murray pode chegar a quatro anos de prisão.