Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Filha do ator Klaus Kinski o acusa de abuso sexual

Pola Kinski afirmou que o pai, conhecido por filmes como 'Nosferatu' e 'Fitzcarraldo', abusou sexualmente dela durante sua infância e adolescência

A atriz Pola Kinski, filha mais velha do famoso ator alemão Klaus Kinski, morto em 1991 e conhecido por atuar nos principais filmes de Werner Herzog, afirma em um livro de memórias que seu pai abusou sexualmente dela durante sua infância e adolescência. Segundo ela, Kinski a estuprou dos 5 aos 19 anos.

(Ele) se achava acima de todos, simplesmente pegava o que queria”, disse Pola sobre o pai em entrevista ao jornal Stern. “Dava no mesmo se eu dissesse que não queria”, diz Pola em seu novo livro, Kindermund, (algo como Boca de Criança). Segundo a atriz, ela cresceu sob o medo constante dos ataques de ira do pai.

“Quando o vejo em seus filmes, sinto que ele era exatamente igual em casa”, afirmou, em relação aos papéis de homem furioso e louco que lhe deram fama, como Aguirre, a Cólera dos Deuses. Ele também era conhecido por ter atuado no filme Fitzcarraldo e interpretado o Conde Drácula no filme Nosferatu – O Vampiro da Noite — todos de Werner Herzog, com quem trabalhou constantemente.

Segundo Pola Kinski, seu pai “abusava de qualquer pessoa e nunca respeitou ninguém”. Hoje aos 60 anos, ela é a mais velha dos filhos que o ator teve em seu primeiro casamento, com a cantora Gislinde Kühbeck, enquanto com suas mulheres posteriores teve os também atores Nastassja e Nicolai.

Na entrevista, Pola lamentou ainda ter de ouvir sempre elogios a seu pai, que foi idolatrado em vida e cujo mito ganhou força após sua morte, enquanto para ela Klaus significa a destruição de sua infância.

(Com agência EFE)