Clique e assine a partir de 9,90/mês

Fica em casa: o que assistir, ler e ouvir no fim de semana

VEJA reuniu dicas de bom entretenimento para curtir no conforto do lar

Por Raquel Carneiro - Atualizado em 3 abr 2020, 16h07 - Publicado em 3 abr 2020, 08h53

A editoria de cultura de VEJA fez um apanhado de bons filmes e séries, disponíveis na TV e em plataformas de streaming, para serem vistos no conforto do lar – e apaziguar os ânimos em meio à quarentena. Confira também dicas de leitura e de bons discos para ouvir.

Para começar…

O período em casa com canais pagos abertos para não-assinantes ajudou a elevar a audiência da TV fechada em geral, com destaque para a programação de filmes e séries, de emissoras como a Warner, Paramount Channel, TNT Séries e Universal. Um canal que merece sua atenção é o Comedy Central. Além da irreverência de programas humorísticos como A Culpa É do Cabral – e sua versão feminina, A Culpa É da Carlota –, a emissora exibe a hilária sitcom canadense Schitt’s Creek, sobre uma família ricaça que perde tudo e precisa se adequar à pobreza numa pequena cidade do interior. Dois episódios inéditos são apresentados aos domingos, às 22h. Com reprises às quintas, sextas e sábados.

Elenco da série ‘Schitt’s Creek’ //Divulgação

Dica de filme: O Castelo Animado

Como prometido no começo do ano, a Netflix disponibilizou, em três levas, 21 filmes do aclamado Studio Ghibli, empresa de animação japonesa. Agora em abril, chegou a última leva que completa o pacote. Entre as novidades está o belíssimo O Castelo Animado (2004), que acompanha a jornada de uma garota tentando se livrar de uma maldição que mudou sua aparência de jovem de 18 anos para uma senhora de 90.

Cena do filme ‘O Castelo Animado’ //Divulgação

Mais dicas:
3 filmes imperdíveis do Studio Ghibli para ver na Netflix
5 ótimos filmes para ver na Amazon Prime Video 
5 filmes que são pérolas escondidas na Netflix
Para fugir: ‘O Poço’: um filme ruim, mas que diz muito sobre a atual pandemia

 

Continua após a publicidade

Dica de série: Deadwood

O Globoplay adicionou ao seu catálogo as três temporadas da premiada série de faroeste. Ambientada no século XIX, a trama mistura personagens reais e fictícios para mostrar o desenvolvimento do velho oeste americano e as raízes que deram origem à sociedade local como ela é hoje.

Cena da série ‘Deadwood’ //Divulgação

Mais dicas:
5 séries instigantes para assistir no Globoplay
‘Califado’, da Netflix: Série sueca explora bastidores do extremismo islâmico
‘The English Game’: criador de ‘Downton Abbey’ leva luta de classes ao futebol

Para ler: Ensaio Sobre A Cegueira 

O drama de José Saramago, sobre uma quarentena forçada para tentar conter o avanço de uma epidemia que deixa pessoas cegas, voltou recentemente à lista dos Livros Mais Vendidos de VEJA. Publicado em 1995 e transformado num filme de sucesso de 2008, o romance ganhou uma curiosa ressonância na vida real em tempos de coronavírus.

Mais livros para ler:
Livro narra trama de aldeia submersa pelo fascismo e iludida pelo nazismo
Penélope, da ‘Odisseia’, ganha voz em livro de Margaret Atwood

Para ouvir: Pearl Jam, Gigaton

O primeiro disco de inéditas em sete anos do grupo é o mais heterogêneo da carreira, com cada faixa apostando em uma sonoridade própria e letras que alternam reflexões pessoais e ativismo, especialmente ambiental. Aos trinta anos de estrada, o cantor Eddie Vedder e cia. não perderam a fúria contestadora da juventude.

Continua após a publicidade

Mais dicas para ouvir:
Atriz de ‘This Is Us’, Mandy Moore lança 1º álbum em 10 anos
‘After Hours’: O álbum feito na quarentena de The Weeknd
Seafret volta ao indie melancólico em novo disco 

E para celebrar a memória do compositor polonês Krzysztof Penderecki, que morreu no domingo, 29, VEJA preparou uma playlist com o melhor do músico que assinou trilhas sonoras de filmes como O Iluminado e O Exorcista.

ASSINE VEJA

Até quando? As previsões dos cientistas para o fim do isolamento A imensa ansiedade para a volta à normalidade possível, os dramas das vítimas brasileiras e a postura equivocada de Bolsonaro diante da crise do coronavírus
Clique e Assine

 

Continua após a publicidade
Publicidade