Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Fantasma de Nazaré empurra Ibope de ‘Fina Estampa’

Capítulo em que Tereza Cristina (Christiane Torloni) invoca a vilã de 'Senhora do Destino' para matar mafioso alcança média de 43 pontos e pico de 48, um dos melhores resultados desde a estreia da trama

Por Da Redação - 25 out 2011, 15h41

Nazaré Tedesco (Renata Sorrah), a vilã criada por Aguinaldo Silva em Senhora do Destino, deu um empurrãozinho à já bem-sucedida Fina Estampa. No capítulo de ontem, em que Tereza Cristina (Christiane Torloni) matou o mafioso que a chantageava jogando-o escada abaixo, a novela marcou média de 43 pontos no Ibope, com pico de 48.

O bom resultado, porém, não foi sucifiente para fazer a trama quebrar seu próprio recorde: 45 pontos de média, marca alcançada no dia em que Antenor (Caio Castro), o filho de Griselda (Lília Cabral), bateu o carro e foi hospitalizado. O acidente aconteceu logo depois de Antenor, que renevaga a mãe e se fazia de rico para namorar Patricia (Adriana Birolli), filha de Tereza Cristina, ser desmascarado.

Uma série de referências à imortal Nazaré Tedesco foram incluídas na cena em que Tereza Cristina comete seu primeiro assassinato. A tática de empurrar a vítima do alto da escada é uma delas. “Obrigada, Nazaré Tedesco”, disse a personagem após ver sua vítima estirada no chão. Após esconder o corpo, a assassina, Tia Íris (Eva Wilma) e Alice (Thais de Campos) comemoraram o feito com brindes de conhaque, bebida preferida de Naza.

Publicidade