Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Famosas apoiam Claudia Leitte em caso Silvio Santos: ‘Chega de assédio’

'Veja bem, Silvio, roupa não é convite', diz texto republicado por nomes como Bruna Marquezine, Mariana Ximenes, Taís Araújo e Alinne Moraes

Depois de Claudia Leitte confirmar que se sentiu desconfortável com os comentários de Silvio Santos durante o Teleton, no último sábado, diversas famosas saíram em defesa da cantora. Nomes como Bruna Marquezine, Taís Araújo, Camila Pitanga, Alinne Moraes e Débora Falabella, entre outras, republicaram uma postagem com a hashtag #Chegadeassédio e a frase “mexeu com uma, mexeu com todas”, em seus perfis nas redes sociais.

No Teleton, o dono do SBT recebeu Claudia no palco e afirmou que não daria um abraço nela, dizendo que ficaria “excitado” por causa da maneira como Claudia vem se apresentando. Mais tarde, fez referência à roupa que ela usava. Nesta segunda-feira, a cantora afirmou que se sentiu “constrangida” e defendeu que roupa nenhuma justifica comportamentos como o do apresentador.

As redes sociais, então, foram tomadas por uma mensagem de apoio a Claudia, lançada pelo grupo #342Artes, movimento de defesa da liberdade de expressão encabeçado por Caetano Veloso e a mulher, a empresária Paula Lavigne. “Quando em rede nacional durante um programa de foco social, um apresentador assedia uma cantora, podemos ver como essa violência é normalizada na nossa sociedade. Tão normalizada que muitas de nós não sabem como reagir”, diz o texto republicado pelas atrizes. “Veja bem, Silvio, roupa não é convite. Respeito com as nossas, respeito com todos.”

View this post on Instagram

Quando em rede nacional durante um programa de foco social, um apresentador assedia uma cantora, podemos ver como essa violência é normalizada na nossa sociedade. Tão normalizada que muitas de nós não sabemos como reagir. A vergonha, o medo da retaliação e a exposição nos paralisa. Mas é preciso lembrar: ISSO NÃO É NORMAL. E o fato disso estar na TV, confortável o suficiente para fazer isso em frente de sua mulher e filha, só desencadeia um efeito devastador para outras milhões de mulheres que sofrem essa mesma violência diariamente. Veja bem, Silvio, roupa não é convite. Respeito com as nossas, respeito com todos. Não nos calaremos. Nos acolheremos. #ChegaDeAssédio #342Artes

A post shared by Mariana Ximenes (@marixioficial) on

View this post on Instagram

Quando em rede nacional durante um programa de foco social, um apresentador assedia uma cantora, podemos ver como essa violência é normalizada na nossa sociedade. Tão normalizada que muitas de nós não sabem como reagir. A vergonha, o medo da retaliação e a exposição nos paralisa. Mas é preciso lembrar: ISSO NÃO É NORMAL. E o fato disso estar na TV, onde ele se sentiu confortável de fazer isso na frente da sua mulher e filha, só desencadeia um efeito devastador para outras milhões de mulheres que sofrem essa mesma violência diariamente. Veja bem, Silvio, roupa não é convite. Respeito com as nossas, respeito com todos. Não nos calaremos. Nos acolheremos. #ChegaDeAssédio #342Artes

A post shared by Leandra Leal (@leandraleal) on

View this post on Instagram

Quando em rede nacional durante um programa de foco social, um apresentador assedia uma cantora, podemos ver como essa violência é normalizada na nossa sociedade. Tão normalizada que muitas de nós não sabe como reagir. A vergonha, o medo da retaliação e a exposição nos paralisa. Mas é preciso lembrar: ISSO NÃO É NORMAL. E o fato disso estar na TV, onde ele se sentiu confortável de fazer isso na frente da sua mulher e filha, só desencadeia um efeito devastador para outras milhões de mulheres que sofrem essa mesma violência diariamente. Veja bem, Silvio, roupa não é convite. Respeito com as nossas, respeito com todos. Não nos calaremos. Nos acolheremos. #ChegaDeAssédio

A post shared by Camila Pitanga (@caiapitanga) on

View this post on Instagram

Quando em rede nacional, durante um programa de foco social, um apresentador assedia uma cantora, podemos ver como essa violência é normalizada na nossa sociedade. Tão normalizada que muitas de nós não sabem como reagir. A vergonha, o medo da retaliação e a exposição nos paralisam. Mas é preciso lembrar: ISSO NÃO É NORMAL. E o fato de estar na TV, onde ele se sentiu confortável de fazer isso na frente da sua mulher e da sua filha, desencadeia um efeito devastador para outras milhões de mulheres que sofrem essa mesma violência diariamente. Veja bem, Silvio, roupa não é convite. Respeito com as nossas, respeito com todos. Não nos calaremos. Nos acolheremos. #ChegaDeAssédio

A post shared by Taís Araujo (@taisdeverdade) on

View this post on Instagram

Quando em rede nacional durante um programa de foco social, um apresentador assedia uma cantora, podemos ver como essa violência é normalizada na nossa sociedade. Tão normalizada que muitas de nós não sabe como reagir. A vergonha, o medo da retaliação e a exposição nos paralisa. Mas é preciso lembrar: ISSO NÃO É NORMAL. E o fato disso estar na TV, onde ele se sentiu confortável de fazer isso na frente da sua mulher e filha, só desencadeia um efeito devastador para outras milhões de mulheres que sofrem essa mesma violência diariamente. Veja bem, Silvio, roupa não é convite. Respeito com as nossas, respeito com todos. Não nos calaremos. Nos acolheremos. #ChegaDeAssédio

A post shared by Débora Falabella (@deborafalabellaoficial) on

View this post on Instagram

Quando em rede nacional durante um programa de foco social, um apresentador assedia uma cantora, podemos ver como essa violência é normalizada na nossa sociedade. Tão normalizada que muitas de nós não sabemos como reagir. A vergonha, o medo da retaliação e a exposição nos paralisa. Mas é preciso lembrar: ISSO NÃO É NORMAL. E o fato disso estar na TV, confortável o suficiente para fazer isso em frente de sua mulher e filha, só desencadeia um efeito devastador para outras milhões de mulheres que sofrem essa mesma violência diariamente. Veja bem, Silvio, roupa não é convite. Respeito com as nossas, respeito com todos. Não nos calaremos. Nos acolheremos. #ChegaDeAssédio #342Artes

A post shared by Débora Nascimento (@debranascimento) on

View this post on Instagram

Quando em rede nacional durante um programa de foco social, um apresentador assedia uma cantora, podemos ver como essa violência é normalizada na nossa sociedade. Tão normalizada que muitas de nós não sabem como reagir. A vergonha, o medo da retaliação e a exposição nos paralisa. Mas é preciso lembrar: ISSO NÃO É NORMAL. E o fato disso estar na TV, onde ele se sentiu confortável de fazer isso na frente da sua mulher e filha, só desencadeia um efeito devastador para outras milhões de mulheres que sofrem essa mesma violência diariamente. Veja bem, Silvio, roupa não é convite. Respeito com as nossas, respeito com todos. Não nos calaremos. Nos acolheremos. #ChegaDeAssédio #342Artes

A post shared by bruna linzmeyer (@brunalinzmeyer) on