Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Família de Whitney Houston rejeita presença do ex-marido da cantora

Nova York, 16 fev (EFE).- A família da cantora Whitney Houston – que foi encontrada morta em um hotel de Los Angeles, no último sábado -, excluiu o nome do rapper Bobby Brown, ex-marido da artista, da lista de convidados para a cerimônia de funeral, informou nesta quinta-feira o jornal ‘New York Post’.

O funeral da cantora será realizado no próximo sábado, na igreja batista New Hope, em Newark (Nova Jersey). Segundo o mesmo jornal, a cerimônia deverá ser retransmitida ao vivo na Internet.

Os familiares de Whitney responsabilizam Brown por ter introduzido a cantora no mundo das drogas durante seu casamento, assim como pela deterioração de sua carreira profissional.

Segundo o site da ‘TMZ’, a família da cantora ainda se preocupa com o rapper, que estaria se aproximando de sua filha, Bobbi Kristina, para aproveitar a herança que a jovem receberá, já que ela é a única herdeira da milionária fortuna da cantora.

‘Cissy Houston esta tentando evitar que Bobby se aproxime de Bobbi Kristina, de 18 anos, por temer que o único objetivo do rapper seja encher os bolsos’, afirmaram os familiares de Whitney ao site.

De acordo com a mesma fonte, o rapper está passando por dificuldades financeiras e, por isso, ‘estaria tentando ganhar o afeto da menina, que poderá receber uma herança de mais de US$ 20 milhões, um número que poderá se duplicar até o final do ano’.

Nesta semana, o ex-marido de Whitney chegou a tentar ver a filha, mas acabou sendo impedido pela família da cantora. Alguns amigos da família já teriam entrado em contato com Brown para avisar que ele é considerado uma ‘persona non grata’ nos funerais da cantora e na vida de Bobbi Kristina.

Protagonista de ‘O Guarda-Costas’ e ganhadora de seis prêmios Grammy, Whitney lutou durante anos para superar sua dependência química. Segundo a própria cantora, ela começou a usar drogas depois do casamento com o rapper, em 1992. Bobbi Kristina nasceu depois de um ano e, após dois anos, o casal já havia se separado.

A intérprete de ‘I will always love you’ teria morrido após ter ingerido uma combinação de calmantes com álcool. Segundo a versão policial, a cantora foi encontrada ‘inconsciente’ na banheira do quarto do hotel e foi declarada morta pela equipe de emergência, que ainda tentaram reanimá-la, mas não tiveram sucesso.

A morte da artista comoveu muitos fãs da cantora, que esperavam que os funerais fossem realizados no ginásio poliesportivo Prudential Center de Newark, que possui capacidade para mais de 18 mil pessoas. No entanto, a família da cantora decidiu na última terça-feira que a cerimônia privada seria realizada na mesma igreja frequentada por Whitney na infância, quando fazia parte do coral. EFE

emm/fk