Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ex-guarda-costa alega ser pai de Blanket, o filho mais novo de Michael Jackson

Mateus Fiddes disse que doou esperma em 2001 a pedido do cantor, que queria um filho atlético

Mateus Fiddes, ex-guarda costa do cantor Michael Jackson, procurou o site americano TMZ alegando que é pai de Blanket, como é conhecido Prince Michael Jackson II, o filho caçula do cantor. Segundo Fiddes, em 2001 ele doou esperma a pedido do cantor que “queria ter um filho atlético” e ele, que foi jogador de futebol americano, se encaixava nesse perfil. Blanket nasceu em 2002.

“Eu não quero criar uma guerra com a família Jackson, mas a possibilidade de eu ser pai de Blanket existe e isso precisa ser conferido. Inclusive há muitas semelhanças entre nós, como o cabelo. Minha mãe já viu fotos de Blanket e perguntou se ele era meu filho”, disse Fiddes. O ex-guarda-costa explicou que não quer a guarda do menino, de 8 anos, mas apenas confirmar a possibilidade.

Não é a primeira polêmica que envolve o pequeno Blanket. Em 2009, um mês após a morte do cantor, a revista americana Star Magazine revelou a suposta identidade da mãe do menino. Pia Bhatti, que vive em Oslo, na Noruega, teria ainda outro filho do cantor, chamado Omer. Ela, que trabalhou como babá dos filhos mais velhos de Michael, nunca desmentiu a informação.

Blanket vive com os irmãos Prince e Paris sob a guarda da avó, Katherine Jackson, na Califórnia.