Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

EUA: namoro de lésbicas gera confusão em avião da Southwest

Menos de um mês após pedir a um astro do rock que endireitasse sua calça, a maior companhia aérea doméstica americana, Southwest Airlines, viu-se envolvida em uma nova polêmica. Desta vez, por causa do namoro entre lésbicas dentro de um avião.

A estrela da TV a cabo Leisha Hailey e sua companheira, Camila Grey, afirmam que foram expulsas de um avião da Southwest depois de discordarem de um tripulante que pediu que elas parassem de trocar beijos “em uma companhia aérea familiar”.

A Southwest reconheceu que tripulantes do voo, que ia de Baltimore, Maryland, para St. Louis, Missouri, abordaram o casal, mas “apenas por causa de seu comportamento, e não por sua orientação sexual”, após outros passageiros terem reclamado.

A companhia aérea se desculpou, mas o agente do casal disse que será feita uma “queixa formal”. “Pedimos a essa empresa que oriente seus funcionários a não discriminarem nenhum casal, a despeito de suas próprias opiniões”.

No começo do mês, a Southwest desculpou-se depois que Billie Joe Armstrong, vocalista do Green Day, publicou no Twitter que foi expulso de um voo da empresa porque sua calça “estava muito baixa”.

Leisha Hailey estrelou a série gay “The L Word”, exibida entre 2004 e 2009 no canal Showtime, e se uniu a Camila Grey em 2007 para lançar a banda indie de electropop Uh Huh Her.