Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘A transição foi difícil’, diz Kendall sobre pai transgênero

'Para ser honesta, eu e minha irmã mais nova tínhamos todo o direito de enlouquecer', disse a moça

A modelo Kendall Jenner, um dos destaques da família Kardashian, falou em entrevista à revista Vogue americana sobre a transição de sexo de seu pai Bruce Jenner, agora Caitlyn Jenner. “Para ser honesta, eu e minha irmã mais nova (Kylie Jenner) tínhamos todo o direito de enlouquecer”, diz a moça. 

Segundo Kendall, seu pai criou as filhas em torno de brincadeiras masculinas, como corridas de kart e quadriciclos. “Eu cresci dirigindo todos estes veículos, por isso sou uma boa motorista. É muito irônico pensar nisso agora, mas é algo que posso agradecer meu pai, pois eu era como um menino”, conta. “Por isso toda a transição dela foi muito difícil para mim. Eu fiquei tipo: ‘você me ensinou a ser um meninão'”, diz a modelo.

LEIA TAMBÉM:
Padrasto transgênero de Kim Kardashian bate recorde na TV
‘Sou o novo normal’, diz Caitlyn (ex-Bruce) Jenner em série

Apesar da dificuldade em enfrentar a mudança de gênero do pai, Kendall diz que a situação ficou mais fácil com o tempo. “Eu sabia que teria uma fase mais difícil, mas agora é supernormal. Não é estranho”, diz. “Às vezes olho para fotos do meu pai, quando ele era um homem, e eu fico triste, me emociono. Agora tenho uma pessoa nova para amar. É como uma benção disfarçada.”

No Instagram, Kendall compartilhou imagens da edição de setembro da revista americana, que ela estampa a capa. Confira abaixo:

 

Ver essa foto no Instagram

more from Vogue shot by @mertalas & @macpiggott

Uma publicação compartilhada por Kendall (@kendalljenner) em

(Com Estadão Conteúdo)