Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Escritor Lêdo Ivo morre aos 88 anos

Autor alagoano passou mal enquanto viajava com familiares pela Espanha

O escritor alagoano Lêdo Ivo morreu na madrugada deste domingo, aos 88 anos. Ele passou mal enquanto almoçava em um restaurante na cidade de Sevilha, na Espanha. O autor chegou a receber atendimento em seu hotel, mas morreu antes de ser levado ao hospital. A causa da morte não foi divulgada.

“Ele estava na cidade espanhola de férias, onde ia passar o Natal com alguns familiares, e retornaria na próxima semana a Maceió para cumprir seus compromissos de trabalho”, disse Laudicéia Eurídice Ivo, sobrinha do escritor. O corpo do autor será cremado na Espanha e as cinzas trazidas ao Brasil.

Um comunicado no site da Academia Brasileira de Letras informa que as cinzas serão sepultadas no mausoléu da entidade, no Cemitério São João Batista, no Rio de Janeiro, nos primeiros dias de 2013.

Lêdo Ivo nasceu em Maceió, Alagoas, no dia 18 de fevereiro de 1924. Ele se formou na Faculdade Nacional de Direito da Universidade do Brasil, mas nunca exerceu a advocacia. Preferiu trabalhar como jornalista na imprensa carioca e colaborar em suplementos literários.

Em 1944, estreou na literatura com As Imaginações e no ano seguinte publicou Ode e Elegia, que ganhou o Prêmio Olavo Bilac, da Academia Brasileira de Letras. Nos anos seguintes, sua obra literária cresceu com a publicação de diversos livros de poesia, romance, conto, crônica e ensaio.

Lêdo Ivo era membro da Academia Brasileira de Letras, eleito em 13 de novembro de 1986 para ocupar a cadeira 10, sucedendo o escritor Orígenes Lessa.

(Com agência EFE)